Abrantes | Antigo posto da GNR recuperado para promoção da EN2

Antigo posto da GNR em Barreiras do Tejo recuperado para promover a EN 2. Créditos. União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede

O antigo posto da Guarda Nacional Republicana em Barreiras do Tejo mereceu requalificação pela União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede. Um edificado, há muitos anos sem utilização e propriedade da Infraestruturas de Portugal, foi agora recuperado no sentido de promover a Rota da Estrada Nacional 2.

PUB

A ideia de requalificação daquele edifício “surgiu há algum tempo, até porque surgiram algumas trocas de ideias em Assembleia de Freguesia”, explicou ao mediotejo.net o presidente da União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede, Bruno Tomás.

“Na Junta temos tentado preservar o património de fontes e fontanários e mesmo ao lado do antigo posto da GNR nas Barreiras do Tejo já tínhamos feito várias vezes, nestes vários anos, a recuperação do espaço onde tem um chafariz, muito aprazível onde as pessoas podem estar”, acrescentou.

PUB
Antigo posto da GNR em Barreiras do Tejo recuperado para promover a EN 2. Créditos. União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede

O edificado, propriedade da Infraestruturas de Portugal, encontrava-se há muitos anos sem utilização e a ideia da requalificação contou com o apoio da Câmara Municipal de Abrantes. “Foi apresentada ao presidente da Câmara que ficou muito entusiasmado e pediu-nos para avançar”, refere Bruno Tomás.

Também as reações da comunidade abrantina à obra têm sido positivas. “As pessoas estão a gostar, é um marco. É o assinalar da Estrada Nacional 2 que une o País e que une os portugueses. Também Abrantes tem um marco interessante desde o quilómetro 404 ao quilómetro 400 e é importante valorizarmos este património”, defendeu o presidente da Junta.

PUB

A intervenção implicou “a pintura do edificado, a recuperação das janelas, das portas, estava muito deteriorado, ao abandono, e toda a sua área envolvente bem como o embelezamento com algumas flores. Também aqui como sinal da tal cidade florida que temos de reativar, com a flor natural, é o que fizemos e queremos manter”.

Bruno Tomás pede que “possamos todos juntos, a comunidade, preservar” o espaço “para quem faça a EN2, normalmente com calma e tranquilidade, possa também ali parar”.

O autarca espera que o local possa ser “um marco do nosso concelho, para promover a nossa gastronomia, os nossos alojamentos locais, o hotel, e promover principalmente aquilo que temos de bom: as nossas gentes que sabem receber bem”, tendo feito notar a importância da Rota para o turismo na estrada mais longa da Europa e que liga Chaves a Faro.

Antigo posto da GNR em Barreiras do Tejo recuperado para promover a EN 2. Créditos. União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede

Na envolvência do edifício encontramos um espaço igualmente alvo de recuperação com alegretes, bancos nos muretes e um fontanário. Neste momento “ainda não tem água. Já pedimos aos Serviços Municipalizados para fazer a ligação, aguardamos”, explica. Clarifica que o espaço contará com um ponto de água “não só para quem faz a EN2 mas para quem quiser beber água e refrescar-se”.

O antigo Posto da GNR, agora recuperado, encontra-se “para já” vazio, mas Bruno Tomás tem propostas que não quis adiantar. “É um upgrade àquilo que fizemos. Uma proposta que temos vindo a falar com o senhor presidente [da Câmara]. A seu tempo será o senhor presidente a revelar, se conseguirmos chegar a um upgrade para esta primeira ideia, dará as novidades”, garante.

Sendo propriedade da Infraestruturas de Portugal, antes de avançar para a intervenção a Junta teve de obter a devida autorização mas Bruno Tomás falou num “processo fácil” que impediu a degradação.

“O Estado somos todos. Não fazemos essa diferenciação. Quando é para requalificar e manter é sempre um processo fácil! Depois a utilização do edifício para outro fim é que pode não ser imediato. Por isso é um dossier que já está a ser trabalhado com a Câmara Municipal e com a Infraestruturas de Portugal”, reforçou, sublinhando que “a estrada que une os portugueses passa no concelho de Abrantes e temos de assinalá-la. Abrantes tem de estar na linha da frente e não à espera que os outros façam”, defendeu.

Antigo posto da GNR em Barreiras do Tejo recuperado para promover a EN 2. Créditos. União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here