Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Segunda-feira, Novembro 29, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Abrantes | AM aprova recomendação do PSD para apoiar artes, cultura e pequenos produtores agrícolas

O Partido Social Democrata de Abrantes viu ser aprovada, por maioria, uma recomendação para apoiar as artes, a cultura e os pequenos produtores agrícolas neste período de progressivo desconfinamento. Na proposta apresentada em Assembleia Municipal, o PSD recomenda que a Câmara gerida pelo PS “preste especial atenção ao sector das artes e da cultura no Município e aos pequenos produtores agrícolas locais, de modo a obter um especial conhecimento das suas dificuldades e das suas necessidades, resultantes dos efeitos da pandemia de Covid-19”.

- Publicidade -

O Partido Social Democrata (PSD) apresentou a proposta de recomendação para “apoiar as artes, a cultura e os pequenos produtores agrícolas neste período de progressivo desconfinamento” na sexta-feira, 19 de junho, durante a última sessão de Assembleia Municipal, que acabou aprovada por maioria com duas abstenções da bancada da Coligação Democrática Unitária (CDU).

A Assembleia Municipal de Abrantes deliberou recomendar ao Executivo Camarário que, “nesta fase de progressivo desconfinamento, e sem descurar todos os outros sectores, preste especial atenção ao sector das artes e da cultura no nosso Município e aos nossos pequenos produtores agrícolas locais, de modo a obter um especial conhecimento das suas dificuldades e das suas necessidades, resultantes dos efeitos da pandemia de covid-19 e das medidas de reação à disseminação da doença, procurando dar respostas e estabelecer políticas que os apoiem nestes tempos tão incertos”, disse o deputado eleito pelo PSD, João Salvador Fernandes, aquando da apresentação da proposta de recomendação.

- Publicidade -

Assembleia Municipal de Abrantes. Créditos: mediotejo.net

Os eleitos pelo PSD observam que a pandemia de covid-19, “que levou ao confinamento de milhões de portugueses nas suas casas e ao encerramento de empresas e estabelecimentos, afetou profundamente diversos sectores da economia nacional” e notam que “nesta fase de progressivo desconfinamento, o sector das artes e da cultura e os pequenos produtores agrícolas locais foram especialmente fustigados pelas medidas de reação ao propagar da doença”, considerando que, “mesmo nesta fase de desconfinamento, muitos dos problemas que emergiram para artistas e para pequenos produtores agrícolas não foram superados, nem o serão tão cedo”.

Manifestando-se “atento às dificuldades, no nosso Município, das pessoas e das instituições que laboram nestes dois sectores” o PSD de Abrantes inclui “os não-profissionais e instituições comunitárias sem fins lucrativos, bem como outras coletividades e associações, e todas as manifestações artísticas e culturais, incluindo as de raiz popular e comunitária”.

Quanto aos pequenos produtores agrícolas, de igual modo, incluí “não só os profissionais, mas também aqueles cujo rendimento da venda das suas pequenas produções em mercados locais é um complemento para tornar o seu dia-a-dia um pouco mais desafogado”.

Para os sociais democratas o executivo “deve auscultar pessoas e instituições e tentar, neste pós-confinamento, desenvolver programas de apoio que respondam especificamente às suas necessidades”.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome