- Publicidade -

Abrantes | Alunos selecionados para fase intermunicipal do Concurso de Leitura

O Concurso Municipal de Leitura – Abrantes a Ler decorreu na terça-feira, dia 9 de fevereiro, em modo online onde foram apurados três alunos de cada um dos escalões/nível de ensino que irão representar o concelho de Abrantes na fase intermunicipal, envolvendo todos os municípios do Médio Tejo, e que se vai realizar nos dias 22 e 23 de abril.

- Publicidade -

Ismael Chilau, da Escola Básica do Pego; Manuel Pereira, da Escola Básica da Chainça; e Rita Mourato, da Escola Básica de Alvega, foram os três alunos do 4º ano selecionados para a fase intermunicipal do Concurso de Leitura.

Ao nível do 2º ciclo do ensino básico, foram selecionados os alunos Carolina Santos (6º ano) e Matilde Dias (5º ano), alunas da Escola Dr. Solano de Abreu, e Diogo Ordonho, da Escola Dr. Manuel Fernandes.

- Publicidade -

Beatriz Grácio (9º ano), Mafalda Esteves Martins (7º ano) e Sara Martins (8º ano), alunas da Escola Dr. Manuel Fernandes, foram as alunas do 3º ciclo de ensino básico selecionadas.

Os alunos do secundário apurados para a fase seguinte do concurso foram Sofia Gonçalves e Joana Alves, alunas do 11º ano da Escola Dr. Solano de Abreu, e Maria Nascimento (10º ano) da Escola Dr. Manuel Fernandes.

Devido à pandemia, as provas municipais do Concurso Municipal de Leitura realizaram-se online, através da plataforma Google Meet, com a presença dos membros do júri do concurso, onde os alunos tiveram de realizar uma prova de leitura de excerto, em que foi tida em conta a audibilidade, articulação, ritmo e postura corporal. No segundo momento, teve lugar a prova de argumentação, em que foi colocada uma questão aberta ou uma citação para comentar sobre a obra lida.

Para o júri, “foi um dia muito intenso e extremamente gratificante. Os alunos do Concelho de Abrantes presentes neste concurso revelaram competências leitoras e argumentativas extraordinárias e atingiram o nível de excelência a partilhar as suas leituras, os seus pensamentos, as suas ideias e as suas emoções”.

Recorde-se que o Concurso Municipal de Leitura – Abrantes a Ler está integrado no Concurso Nacional de Leitura e insere-se no projeto de promoção da leitura para públicos infanto-juvenis que pretende formar leitores, estimulando nos concorrentes o gosto pela leitura e o contacto com os livros.

Para o concurso, os alunos de cada nível de ensino tiveram de ler as seguintes obras:
1º ciclo do ensino básico: A menina que queria salvar os livros, de Klaus Hagerup, com ilustrações de Lisa Aisato, da editora Nuvem das Letras
2º ciclo do ensino básico: Vinte cinco a sete vozes, de Alice Vieira, com ilustrações de Filipe Abranches, da Editorial Caminho
3º ciclo do ensino básico: O lado selvagem, de Jon Krakauer, da Editorial Presença
Ensino secundário: A distância entre nós, de Rachel Lippincott, com Mikki Daughtry e Tobias Iaconis, da Editorial Presença.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).