Abrantes | Alunos do concelho vencem festival AÇÃO05! com o filme “Chile”

Filme "Chile" da Associação Palha de Abrantes venceu o AÇÃO05! – Festival de Vídeo Escolar. Foto: DR

O filme “Chile”, realizado pelos alunos da Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos D. Miguel de Almeida, de Abrantes, venceu no dia 7 de maio o AÇÃO05! – Festival de Vídeo Escolar, nos XIX Encontros de Cinema de Viana do Castelo. A produção da Associação Palha de Abrantes destacou-se entre os 11 projetos na categoria de Melhor Filme de Animação e Lurdes Martins encara o reconhecimento com alegria.

PUB

PUB

O mediotejo.net falou com a presidente desta associação cultural abrantina durante a viagem de regresso e poucas horas depois de ter recebido o prémio no Teatro Municipal Sá de Miranda, em Viana do Castelo: uma máquina fotográfica, que ajudará nos próximos projetos, dando continuidade ao trabalho desenvolvido junto dos alunos das escolas de Abrantes e que têm conquistado o reconhecimento de diversos filmes de animação em inúmeros festivais.

O mais recente foi em novembro do ano passado, quando a produção “Harmos” recebeu os prémios da Festa Mundial da Animação, na categoria Oficinas, e de Jovem Cineasta Português, no Cinanima – Festival Internacional de Cinema de Animação. “Harmos” surgiu no âmbito do Animaio 2018, sucedendo ao conjunto de oito filmes produzidos para o Animaio 2017 pelos estudantes do concelho e da Escola do Ócio (ATL da Associação Palha de Abrantes), tendo o Chile como tema central.

PUB

Antes, em 2016, já a curta-metragem “Da Janela da Minha Escola” – um dos quatro projetos cinematográficos sobre “A Paisagem” marcada pela morte das palmeiras no concelho de Abrantes – tinha sido nomeada pela Casa da Animação e a conquistado o Prémio Nacional da Animação 2016, na categoria Oficinas, entregue na 15ª Festa Mundial da Animação.

Lurdes Martins com dois elementos do júri, Nuno Tudela e Paula Tavares. Foto: DR

No caso do trabalho dedicado ao Chile foi o filme introdutório, intitulado “Chile”, que venceu o AÇÃO05! – Festival de Vídeo Escolar. Os restantes sete davam continuidade à vertente que Lurdes Martins aponta como mais “pedagógica” e menos “poética”. O filme, diz, “é muito bonito” e “fala sobre a fauna, a flora, a geografia e o clima” do Chile – conjugados com as palavras de Luís Sepúlveda – e a presença de alguns elementos desse país em Portugal.

Lurdes Martins partilha a satisfação deste filme ter recebido o prémio do festival organizado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo e a AO NORTE – Associação de Produção e Animação Audiovisual, e acrescenta ter sido gratificante ouvir os elogios do júri que se referiu ao filme como “muito bem estruturado” e “muito bem feito”.

No entanto, ressalva que o trabalho não é desenvolvido com o objetivo de participar e/ou vencer festivais, mas sim “para que aquilo que se faz na terra seja valorizado” dentro do concelho.

A vitória gerou a sensação de que “valeu a pena” e Lurdes Martins revela que o ambiente da sala de espetáculos cheia de crianças lhe trouxe nostalgia das primeiras edições do Animaio, no Cineteatro S. Pedro, em Abrantes.

PUB
APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser), através do IBAN PT50001800034049703402024 (conta da Médio Tejo Edições) ou usar o MB Way, com o telefone 962 393 324.

PUB
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here