Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

- Publicidade -

Segunda-feira, Novembro 29, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

- Publicidade -

Abrantes | AHBV passa ‘Carteira Profissional  de Bombeiro’, com reconhecimento europeu

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Abrantes,  enquanto entidade formadora certificada assinou um protocolo com o  Instituto de Emprego e Formação Profissional de Abrantes e o Instituto  Vaz Serra, em Cernache do Bonjardim (ambos Centro Qualifica) com o  objetivo de certificar profissionalmente os Bombeiros do Médio Tejo ou  de outras regiões do país que pretendam obter a ‘Carteira Profissional  de Bombeiro’, com reconhecimento europeu.

- Publicidade -

O primeiro grupo de Bombeiros a ser certificado inicia o processo esta segunda-feira, dia 16 de outubro, nos Bombeiros de Abrantes, e é constituído por bombeiros de Abrantes, Sardoal e Bucelas. Quem quiser, ainda pode tentar inscrever-se nesta sessão.

O projeto desenvolve-se no âmbito do sistema de Reconhecimento,  Validação e Certificação de Competências (RVCC) do referencial de  Bombeiro (nível 2).

- Publicidade -

Os Bombeiros interessados em obter a Carteira Profissional de Bombeiro  terão de preencher uma ficha de inscrição, apresentar os dados do  Cartão de Cidadão, o Certificado de Habilitações e o seu Currículo. As habilitações mínimas para frequentar este RVCC são o 9º ano.

Após a primeira sessão os formandos terão de apresentar todos os  certificados comprovativos das formações que foram fazendo ao longo da  sua carreira de Bombeiro que irão ser submetidos à análise de quatro formadores profissionais, os quais, para além de reconhecer e validar  as competências operacionais dos Bombeiros, poderão dar a formação  necessária para completar o referencial do processo.

Esses avaliadores/formadores são: Adelino Gomes, comandante dos  Bombeiros Voluntários de Constância; Carlos Gonçalves, comandante dos  Bombeiros Municipais de Tomar; Guilherme Isidro, comandante dos  Bombeiros Voluntários de Ourém, ex-2º comandante da Força Especial de  Bombeiros (FEB); Cristina Almeida, oficial-bombeira dos Bombeiros  Voluntários de Bucelas, licenciada em Psicologia, pós-graduada em  Recursos Humanos, a que se juntarão João Furtado, presidente da direção da AHBVA, e outros avaliadores/formadores.

O processo de RVCC já foi feito pela Escola Nacional de Bombeiros em 2012, mas com extinção dos Centros de Novas Oportunidades não foi  concluído, ficando muitos bombeiros por certificar.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome