Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Maio 8, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Academia promove curso dedicado ao tema ‘Pensar a Democracia’

O projeto Academia de Abrantes vai promover este mês um curso/workshop dedicado à democracia. Com o titulo “Pensar a Democracia”, o objetivo passa por “introduzir os cidadãos aos temas e conceitos que lhes permitam ser civicamente mais ativos, politicamente mais conscientes e cidadãos mais preparados e completos”.

- Publicidade -

O curso decorre nos dias 6, 12, 20 e 28 de maio, via Zoom, entre as 21h00 e as 22h00, e as suas sessões vão contar com a presença de vários oradores. 

Os temas abordados refletem várias áreas essenciais para a compreensão da atividade política e o curso foi pensado em parceria com as Associações de Estudantes das escolas secundárias de Abrantes, embora seja aberta a todo o público interessado.

- Publicidade -

A primeira sessão, sob o título Democracia em Ação: Instituições Políticas, decorre no dia 6 de maio e percorre o funcionamento de diferentes instituições políticas – Câmaras Municipais, Assembleia da República e instituições europeias. Conta com a presença de Patrícia Costa Pereira (vereadora da Câmara Municipal do Bombarral), de Duarte Marques (deputado à Assembleia da República) e de Liliana Reis (docente na Universidade da Beira Interior e investigadora do IPRI-NOVA).

A segunda sessão – Populismo: Ameaça ou Corretivo? – acontece no dia 12 de maio e procura compreender o que é o populismo e quem são os seus atores e práticas, em Portugal e na Europa. Para esta noite, os oradores serão Pedro Coelho e Maria Rodrigues, da equipa que realizou a reportagem “A Grande Ilusão”, na SIC.

No dia 20 de Maio, a sessão Sociedade Civil: Ferramentas de Intervenção convida-nos a encontrar novos canais de participação política. Conta com a presença de várias associações e projetos, com o intuito de mostrar de que formas se pode ter uma verdadeira intervenção cívica: Manuel Arriaga, da associação Fórum dos Cidadãos e autor de Reinventar a Democracia (2015); Maria Madalena Freire, pelo Jornal Crónico; e Alexa Santos, pela IMNUNE – Instituto da Mulher Negra em Portugal.

A última sessão, sob confirmação (dependente do número de inscritos), consiste numa simulação de comissão parlamentar, por forma a viver – na primeira pessoa – os conteúdos aprendidos ao longo do curso.

A Academia nasce em 2019, fruto do contexto político e cívico que tocou um grupo de jovens, grande parte de Abrantes, numa perspetiva de maior amplitude, pelo tempo de crescente alheamento da sociedade civil e, em especial, dos jovens face à participação política.

As inscrições são gratuitas e flexíveis, não sendo necessário participar em todas.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome