Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Outubro 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | 30 anos de EPDRA adiados para maio se situação de Covid-19 “evoluir favoravelmente”

As comemorações dos 30 anos da Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes (EPDRA) foram adiadas “para nova data” como medida de prevenção da infeção por SARS-COV-2 (Covid-19), disse ao mediotejo.net o diretor da Escola, João Quinas.

- Publicidade -

As atividades de comemoração deveriam iniciar esta semana, antecedendo o dia de aniversário a 21 de março, com ponto alto no sábado, data em que estava prevista a realização “um grande piquenique” na Herdade da Murteira, em Mouriscas, também com antigos alunos e famílias na Escola.

Contudo, tendo em conta as medidas extraordinárias e de carácter urgente aprovadas em Conselho de Ministros, como resposta à situação epidemiológica do novo coronavírus as comemorações foram adiadas para maio, até porque a EPDRA encontra-se encerrada até 13 de abril.

- Publicidade -

“Se a situação evoluir favoravelmente, se normalizar, as comemorações terão lugar no segundo fim-de-semana de maio [dias 9 e 10]. Caso contrário, começa a ser muito difícil agendar, com alunos em estágio e em contexto de trabalho… mais tarde, pode não se realizar. Vamos ver!”, disse João Quinas.

As celebrações inseriam ainda um conjunto de atividades como uma jornada do Campeonato Nacional Interescolas de Equitação – com 3 jornadas, a primeira foi na Golegã, a segunda seria na EPDRA e a última em Mafra. O programa conta com colóquios temáticos, testemunhos de experiência de vida e integração no mercado de trabalho.

No dia 22 de março (domingo), a ACROM – Associação Cultural das Rotas de Mouriscas organizava um passeio pedestre e o COA – Clube de Orientação e Aventura, o Corvus Trail, uma prova do Circuito Nacional de Trail da Associação de Trail Running de Portugal para a Época 2019/2020, atividades entretanto canceladas.

Há 30 anos a EPDRA foi criada com parcerias “houve alguém que teve a ideia, o engenheiro Mingocho de Abreu, e conseguiu reunir um conjunto de parceiros, na altura a Câmara Municipal, a Associação de Agricultores, a Cooperativa AbranTejo e o Liceu, hoje Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes” lembra João Quinas.

A Escola foi inaugurada oficialmente por Roberto Carneiro, ministro da Educação, e Arlindo Cunha, ministro da Agricultura, a 21 de março de 1990, embora tenha entrado em funcionamento no dia 7 de outubro de 1989.

A EPDRA tem atualmente 187 alunos de todo o País, continente e ilhas, e dos PALOP.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome