Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Julho 29, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes: 1ª Feira do Emprego e Empreendedorismo com balanço positivo

O Centro de Recuperação e Integração de Abrantes (CRIA) apresentou esta quinta-feira, dia 17, os resultados da 1ª Feira do Emprego e Empreendedorismo de Abrantes que se realizou nos dias 4 e 5 de dezembro, no Mercado Criativo.

- Publicidade -

Desenvolvida no âmbito do projeto CLDS 3G, que está a ser gerido no concelho de Abrantes pelo CRIA, a 1ª Feira do Emprego e Empreendedorismo “foi uma atividade de grande importância pela atratividade e impacto que teve junto da comunidade de jovens e empreendedores”, referiu Paula Henriques, coordenadora do CLDS 3G, durante a sessão de apresentação de resultados do evento que contou com a presença das cinco técnicas que compõem a equipa do CLDS 3G de Abrantes.

A equipa técnica do CLDS 3G de Abrantes: (da esq. para direita) Sónia Paulino, Natália Dias, Paula Henriques, Daniela Rebeca e Vânia Alegre
A equipa técnica do CLDS 3G de Abrantes: (da esq. para direita) Sónia Paulino, Natália Dias, Paula Henriques, Daniela Rebeca e Vânia Alegre

- Publicidade -

A Feira do Emprego foi a primeira grande iniciativa do CLDS 3G de Abrantes onde o CRIA lançou também dois gabinetes que estão agora ao serviço da população: o Gabinete de Apoio ao Emprego e o Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família.

Sónia Paulino, economista que integra a equipa do CLDS 3G, referiu que em termos de frequência de público na Feira do Emprego e Empreendedorismo, cerca de 165 pessoas assinaram a ficha de presença e 47 fizeram a sua inscrição no recém-criado Gabinete de Apoio ao Emprego do CRIA.

Destes 47 inscritos, 44 encontravam-se em situação de desemprego e três estavam empregados mas à procura de novo trabalho, salientou Sónia Paulino que acrescentou ainda que 70% dos inscritos no Gabinete de Apoio ao Emprego eram mulheres.

Relativamente à escolaridade dos candidatos que se inscreveram no Gabinete de Apoio ao Emprego, 22 desempregados tinham o 12º e 14 possuíam o grau de licenciatura em diversas áreas, desde a engenharia civil ao marketing.

No entanto, referiu Sónia Paulino, das 16 ofertas de emprego que o Gabinete de Apoio ao Emprego do CRIA tinha em carteira, “para as áreas mais procuradas pelos empregadores, como a soldadura, não temos candidatos”.

A 1ª Feira do Emprego e Empreendedorismo de Abrantes decorreu no Mercado Criativo, nos dias 4 e 5 de dezembro
A 1ª Feira do Emprego e Empreendedorismo de Abrantes decorreu no Mercado Criativo, nos dias 4 e 5 de dezembro

A maioria dos desempregados que se inscreveu no Gabinete de Apoio ao Emprego eram do concelho de Abrantes, “mas também vieram pessoas de Ponte de Sor, Belver, Gavião, Santa Margarida, Entroncamento, Torres Novas e Chamusca. Ficámos satisfeitos em termos de abrangência geográfica”, referiu Sónia Paulino.

Na 1ª Feira do Emprego e Empreendedorismo de Abrantes estiveram presentes 18 empresas, oito artesãos locais e instituições concelhias.

“Tivemos uma entidade empregadora que não estava presente na Feira mas que foi ao Gabinete de Apoio ao Emprego procurar candidatos que já encaminhamos de acordo com as solicitações que tinham”, referiu Sónia Paulino.

No âmbito da Feira do Emprego, realizaram-se um conjunto de workshops e seminários sobre apoios e incentivos existentes na área do emprego e empreendedorismo que, segundo a técnica coordenadora Paula Henriques, “tiveram um bom feedback uma vez que os temas abordados eram pertinentes e atuais”.

O CRIA pretende realizar a segunda edição da Feira do Emprego e Empreendedorismo em 2016.

Para já, a equipa do CLDS 3G de Abrantes vai estar este fim-de-semana, nos dias 19 e 20 de dezembro, na III Edição da Feira de Natal do Tramagal, que se realiza no Largo dos Combatentes da Grande Guerra, para dar a conhecer o projeto e os diversos serviços que a equipa do CRIA presta à população.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome