Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Quarta-feira, Dezembro 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

“A vontade clara do eleitorado”, por Hugo Costa

O resultado eleitoral do Partido Socialista (PS) no distrito de Santarém, e no país, é claro e demonstrativo da vontade do eleitorado português. No distrito de Santarém, o PS foi o partido mais votado e foi também o único partido dos que elege ou já elegeu no distrito, que cresceu em número de votos e mandatos. O PS venceu em 18 dos 21 concelhos da região.

- Publicidade -

Durante o período de campanha eleitoral percorremos mais de 10 mil quilómetros, junto das pessoas, das empresas e das instituições do distrito de Santarém. O distrito de Santarém são 21 concelhos que constituem uma região cheia de oportunidades mas também de desafios. Contrariamente ao que fez o maior partido da oposição, o  Partido Socialista apresentou um programa claro para a região e será por ele que queremos ser julgados, futuramente, pelos eleitores.

Um programa assente no objectivo de fazer ainda mais e melhor no serviço nacional de saúde e pela educação na região. Um programa que visa igualmente responder responde aos desafios económicos, sociais e culturais sem esquecer aquele que é claramente o combate das nossas vidas: o combate às alterações climáticas.

- Publicidade -

Em relação aos resultados distritais, sublinho duas notas que requerem cuidado e atenção: o elevado nível de abstenção e a perda contínua de eleitores no distrito, fruto de um problema demográfico que importa inverter. Os agentes políticos têm responsabilidades claras sobre estas matérias e urge saber responder a estes desafios, bem como fazer face ao aparecimento de força extremistas que se se combatem frente a frente e no campo das ideias. Estamos prontos para esse combate, através do diálogo.

Acredito que o Partido Socialista vai continuar a liderar uma solução a favor da estabilidade do país e, com apoio da esquerda parlamentar, foi essa a solução que os portugueses demonstraram preferir nestas eleições. Do ponto vista pessoal, agradeço aos milhares de eleitores que permitiram a minha eleição para a Assembleia da Republica. É com sentido responsabilidade que tudo farei para merecer essa confiança.

Deputado na Assembleia da República e membro das Comissões de Economia, Inovação e Obras Públicas e Habitação, é também membro da Comissão de Orçamento e Finanças. Diz adorar o Ribatejo e o nosso país. Defende uma política de proximidade junto dos cidadãos. Tem 38 anos, é de Tomar e licenciou-se em Economia pelo ISEG. É membro da Assembleia Municipal de Tomar e da Assembleia da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo. Tem como temas de interesse a economia, a energia, os transportes, o ambiente e os fundos comunitários.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome