Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Setembro 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

À descoberta | Praias fluviais de Ortiga, Cardigos & Carvoeiro, as donzelas de Mação (c/vídeo)

Há quem diga que três é a conta que Deus fez. E são elas, precisamente, três meninas dos olhos do concelho de Mação. Cada uma com o seu feitio e formas, luzes e cores. Não falamos de gente, mas sim das praias fluviais maçaenses. Um trio que muito tem dado que falar ao longo dos anos, pela qualidade das águas e infraestruturas, pela acessibilidade e pela localização e envolvência. E não é que fomos a banhos, nas praias de Ortiga, Cardigos e Carvoeiro? Quer conhecer? Venha daí!

Parte 1: Ortiga

A praia fluvial de Ortiga, localizada na albufeira da Barragem de Belver, costuma ter companhia todo o ano. Junto a si, tem o badalado Parque de Campismo de Ortiga, ocupado por autocaravanas e tendas, muitas estacionadas/instaladas 365 dias por ano.

No verão, são muitos os utentes que aproveitam a área de lazer instalada a poucos metros, com areal e as típicas sombras de palha. A praia foi intervencionada, e tem agora uma piscina flutuante alargada. Mas das três opções, esta pode ser considerada a mais ‘selvagem’.

Junto ao areal, dispõe de infraestruturas como balneários e wc, o cais no lado oposto, possibilitando atracar o barco. Junto à área da piscina, encontramos canoas de todas as cores, prontas para quem as quiser pagaiar.

E, em dias como este em que o sol torrava, batendo temperaturas de 40 graus à sombra, pode sempre dar uma escapadela até ao bar de apoio, com uma zona de esplanada superior e outra inferior com sombra de árvores de grande porte, à beira-rio.

Não lhe apetece mergulhar? Então traga a família, e aproveite o espaço de parque de merendas e churrasco situado à esquerda da piscina.

Aproveite e vá caminhar, conheça a barragem ou aproveite para espreitar a paisagem envolvente, que o comboio cumprimenta, de quando em vez, ao passar ali ao lado.

Não ficou convencido com a primeira opção?

Parte 2: Cardigos

Podemos brincar com a situação, e dizer que são elas três irmãs, uma em cada ponta do concelho, mas não estão necessariamente de costas voltadas. Sigamos para a localidade de Cardigos, onde a jusante da Barragem do Vergancinho, se situa a mais moderna das três praias. Com um formato mais artificial, esta praia fluvial tem um aspeto de piscina de hotel. Talvez por isso salte mais facilmente à vista a limpidez das águas, e os espaços verdejantes em volta.

Cá de cima, enquanto descemos até chegar ao bar, avistam-se os banhistas nos vários patamares, de toalha estendida. Mas para enfrentar o calor, a moda é mesmo sentar à beira da piscina e colocar a conversa em dia.

O bar tem uma esplanada grande, e com vista sobre as piscinas. Mas do lado de cá, numa das partes que permitem o estacionamento bem junto à praia fluvial, é possível avistar quem se deite à sombra das árvores ou quem se delicie com uma refeição na área de piquenique e churrasco. Por lá há quem acampe, e o faça em família ou com amigos, porém não é aconselhado.

Confessamos que esta é frequentada desde que o sol nasce até que se põe, e são centenas os banhistas. Se não quer tanta confusão, ou se prefere algo mais natural, ou simplesmente não se revê neste panorama…

Parte 3: Carvoeiro

Esta é a donzela de ouro. E como se não bastasse, também vestida de azul pelo décimo ano consecutivo.

Situa-se também num vale, e é considerada uma das “jóias do concelho” de Mação. Enquadra-se num plano de natureza, e apesar de ser uma praia fluvial intervencionada com piscina, digamos que consegue ter um aspeto menos artificial, talvez por privilegiar o contacto com a natureza envolvente, disponibilizando bancos, além das sombras e áreas de relvado e areal, contando com quem possa usufruir do espaço sem querer ir a banhos. Mais acima, um bar e todas as infraestruturas de apoio ao espaço, bem como – seguindo as sombras – um telheiro com mesas de piquenique corridas, com o típico churrasco.

Existem vários passadiços que permitem aceder aos vários pontos das piscinas e do espaço envolvente, facilitando os acessos.

Espreite aqui um pouco mais da beleza destes três locais que conjugam a natureza, a água de nascente e o convívio. Ficou com vontade de mergulhar por estas bandas? Então, vá! Parta à descoberta!

*reportagem publicada em setembro de 2016 e republicada no âmbito do Especial Mação 2017

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome

- Publicidade -