Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Quarta-feira, Dezembro 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

À Descoberta | Fauna e flora do Médio Tejo

Borboleta-cauda-de-andorinha (Papilio machaon) – Trata-se de uma espécie de Lepdóptero da família Papilionidae. Também conhecida como borboleta-rabo-de-andorinha, ocorre na Europa, Ásia e América do Norte.

- Publicidade -

É uma espécie de notável beleza, sendo amarela com ranhuras pretas e manchas coloridas nas asas, as quais apresentam envergadura de 8 a 10 cm. A “cauda” ocorre em ambos os sexos, o que dá a essa espécie sua denominação singular.

Esta espécie, assim como outras espécies de borboletas, exibe um comportamento em que sobem ao cimo de colinas e outros pontos altos em busca de parceiro.

- Publicidade -

De acordo com as regiões, os ovos são postos separadamente (maio-junho — fim do verão) sobre as folhas da planta que servirá de alimento (regularmente nas folhas de cenoura, erva-doce e arruda, nos jardins sem inseticidas).

*Registo efetuado em Ferreira do Zêzere

Natural e residente em Tomar, tem como profissão Distribuidor, mas é com a fotografia que se identifica. É amante desta arte em geral, mas a sua verdadeira paixão é a Natureza e Vida Selvagem e os Retratos. É autor do livro de fotografia “Alma Nabantina” e fundador/administrador dos grupos do Facebook “Amigos da Fotografia de Tomar” e "Fauna de Tomar”. Colabora na área de fotografia na imprensa regional e local e já em 2018 foi júri convidado de dois concursos de fotografia. Neste ano conta também com duas exposições de fotografia coletivas, preparando atualmente a terceira.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome