Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quarta-feira, Junho 16, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

À Descoberta | Fauna e flora do Médio Tejo

Zarro comum (Aythya ferina) – A cabeça-vermelha e o dorso cinzento são a imagem de marca deste pato-mergulhador que é cada vez mais escasso em Portugal.

- Publicidade -

Os patos mergulhadores detetam-se facilmente pelo seu comportamento: mergulham completamente em busca de alimento, contrariamente aos chamados patos de superfície (género Anas) que apenas submergem parte do corpo. O macho de zarro-comum é fácil de identificar: cabeça vermelha, contrastando com o resto da plumagem cinzenta. O bico é acinzentado.

Há apenas vinte anos este zarro era relativamente comum e fácil de encontrar, mas desde então tem vindo a tornar-se progressivamente mais escasso, podendo hoje ser considerado globalmente raro a nível nacional. Existem pequenos núcleos reprodutores no Algarve e em certas zonas do Alentejo, mas na maior parte do território esta espécie surge principalmente como invernante.

- Publicidade -

A sua abundância é variável. A maioria das observações envolve pequenos bandos, mas no Inverno ainda são vistos, por vezes, bandos com algumas centenas de aves.

No Médio Tejo apenas no Paúl do Boquilobo a espécie é avistada com regularidade, aparecendo em barragens e lagoas de forma esporádica.

Fonte: Aves de Portugal
Foto: Barragem dos Patudos, Alpiarça.

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome