- Publicidade -

À Descoberta | Fauna e flora do Médio Tejo

Abelharuco (Merops apiaster) – As cores do Abelharuco entre a avifauna que ocorre em Portugal, é o que chama mais a atenção, dando-lhe algum exotismo. Inconfundível. É uma ave de tamanho médio, muito colorida.

- Publicidade -

Alimenta-se de insetos, muitas vezes abelhas, o que lhe valeu o seu nome comum. Na maior parte das vezes alimenta-se de insectos. As suas presas predilectas são as abelhas, vespas e, de vez em quando, coleópteros e libélulas apanhando-as em acrobáticos voos.

O Abelharuco é estival e chega geralmente a Portugal em Abril, estando presente até setembro. Não é comum em todo o país, mas é possível observá-lo em quase toda a região do Médio Tejo.

- Publicidade -

*Registo efetuado em Montalvo

Natural e residente em Tomar, tem como profissão Distribuidor, mas é com a fotografia que se identifica. É amante desta arte em geral, mas a sua verdadeira paixão é a Natureza e Vida Selvagem e os Retratos. É autor do livro de fotografia “Alma Nabantina” e fundador/administrador dos grupos do Facebook “Amigos da Fotografia de Tomar” e "Fauna de Tomar”. Colabora na área de fotografia na imprensa regional e local e já em 2018 foi júri convidado de dois concursos de fotografia. Neste ano conta também com duas exposições de fotografia coletivas, preparando atualmente a terceira.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).