À Descoberta | Fauna e flora do Médio Tejo

Tecelão-de-cabeça-preta (Ploceus melanocephalus) – A visão de uma ave amarela com a cabeça preta capta facilmente a atenção de um observador. Esta ave de origem africana colonizou algumas zonas húmidas do território nacional, imprimindo um toque de exotismo aos locais onde ocorre.

PUB

Do tamanho de um pardal, o macho é facilmente identificável pelo capuz preto, pelo ventre amarelo e pelo dorso esverdeado sem manchas. A fêmea, tal como o macho fora da época de nidificação, é acastanhada, com o dorso estriado e as partes inferiores claras.

Embora seja localmente numeroso, o tecelão-de-cabeça-preta é relativamente pouco comum em Portugal, apresentando uma distribuição muito localizada em torno dos locais que colonizou, situados principalmente na Estremadura, no Ribatejo e no Algarve.
Nos locais onde ocorre está presente durante todoo ano, mas é mais fácil de observar de Abril a Outubro, quando os machos exibem a sua vistosa plumagem nupcial. Durante o resto do ano pode passar despercebido, devido ao seu aspecto “apardalado”.

PUB

No Médio Tejo ocorre no Paúl do Boquilobo com população nidificante em número razoável.
Esta foto foi obtida no Paúl durante a Primavera de 2019.

Fonte: Aves de Portugal

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here