Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Setembro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

À Descoberta | Fauna e flora do Médio Tejo

Tecelão-de-cabeça-preta (Ploceus melanocephalus) – A visão de uma ave amarela com a cabeça preta capta facilmente a atenção de um observador. Esta ave de origem africana colonizou algumas zonas húmidas do território nacional, imprimindo um toque de exotismo aos locais onde ocorre.

- Publicidade -

Do tamanho de um pardal, o macho é facilmente identificável pelo capuz preto, pelo ventre amarelo e pelo dorso esverdeado sem manchas. A fêmea, tal como o macho fora da época de nidificação, é acastanhada, com o dorso estriado e as partes inferiores claras.

Embora seja localmente numeroso, o tecelão-de-cabeça-preta é relativamente pouco comum em Portugal, apresentando uma distribuição muito localizada em torno dos locais que colonizou, situados principalmente na Estremadura, no Ribatejo e no Algarve.
Nos locais onde ocorre está presente durante todoo ano, mas é mais fácil de observar de Abril a Outubro, quando os machos exibem a sua vistosa plumagem nupcial. Durante o resto do ano pode passar despercebido, devido ao seu aspecto “apardalado”.

- Publicidade -

No Médio Tejo ocorre no Paúl do Boquilobo com população nidificante em número razoável.
Esta foto foi obtida no Paúl durante a Primavera de 2019.

Fonte: Aves de Portugal

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome