À Descoberta | Fauna e Flora do Médio Tejo

Andorinha-dáurica (Cecropis daurica) – O planar calmo da andorinha-dáurica, que contrasta com o voo mais agitado das outras andorinhas, transmitem uma sensação de tranquilidade. O seu ninho, com um longo túnel de acesso, é muito diferente do das outras andorinhas.

PUB

Esta andorinha identifica-se principalmente pelo tom dourado das partes inferiores e do uropígio. Distingue-se da andorinha-das-chaminés pelo uropígio dourado e pela ausência de mancha vermelha escura na garganta.

A andorinha-dáurica é uma espécie estival, que geralmente pode ser observada em Portugal de Março a Outubro. Embora ocorra de norte a sul do país, não é uma ave muito abundante. De uma forma geral é mais numerosa na metade interior do território, escasseando no litoral.

PUB

Nidifica frequentemente por baixo de pontes e viadutos e pode ser observada em praticamente todo o Médio Tejo sendo rara em algumas regiões.
Exemplares fotografados em Tramagal. O canto da Andorinha-dáurica:

Fontes:Xeno-canto e Aves de Portugal.

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here