PUB

Tomar | Município apoia o associativismo face às dificuldades impostas pela pandemia

Apesar de os últimos meses, e os próximos tempos, não serem propícios à realização de atividades culturais, recreativas, desportivas e de lazer que envolvam aglomerados de participantes e contacto social, a Câmara Municipal de Tomar não deixou de cumprir com os apoios dados ao tecido associativo do concelho, sendo as coletividades as grandes dinamizadoras do território. Segundo Hugo Cristóvão, vice-presidente da autarquia, começaram por ser pagos cerca de 230 mil euros a 42 associações.

PUB

A autarquia já iniciou o processo de pagamentos do Programa de Apoio ao Associativismo, no Programa 1, respeitante àquela que seria a atividade regular e atividades inerentes ao plano das associações.

“O pagamento está a ser feito mesmo com a noção de que os eventos e atividades não estão e não deverão ser levados a cabo tão cedo, pelas restrições associadas à pandemia de covid-19”, isse Hugo Cristóvão, vereador da CM Tomar, referindo que começaram por ser feitos pagamentos “a 42 associações do concelho, num valor de cerca de 232 mil euros”.

PUB

Entretanto começará a ser pago o conjunto de montantes associado ao Programa 2, que tem a ver com as atividades pontuais propostas pelas coletividades.

A autarquia recorda ainda que as associações estão também a ser apoiadas em tempo de pandemia, beneficiando das medidas de isenção de pagamento da fatura da água, nos mesmos moldes do apoio aplicado às empresas.

Recorde-se que a Câmara Municipal de Tomar aprovou em sede de executivo camarário, na reunião de dia 17 de fevereiro, os apoios a atribuir às coletividades do concelho em 2020, após candidaturas ao Programa de Apoio ao Associativismo. Foram atribuídos apoios num valor total de 487 mil euros, distribuídos por 82 associações.

PUB
PUB
Joana Rita Santos
Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).