Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Julho 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

30 anos depois o Centro Desportivo de Fátima volta ao Campeonato Distrital

Remonta à época 1983-1984 a ultima presença do Centro Desportivo de Fátima no Campeonato Distrital da 1ª Divisão. Nessa época o clube do concelho de Ourém venceu a prova e desde aí nunca mais voltou a pisar os campos do distrital. Após alguns problemas internos, directivos e financeiros o clube de Fátima caiu nos distritais.

- Publicidade -

À MedioTejo.net, Padre António Pereira, que volta a ser Presidente da Direcção do clube, começou por falar do que foi esta queda do CD Fátima. “Penso que foi um choque para todos, porque o clube há mais de trinta anos que não sabíamos o que era a distrital. O clube faz para o ano 50 anos e há 31 que não disputava provas distritais de seniores e assim de repente vemo-nos novamente lançados para baixo. Também a maioria das pessoas, desde que foi descoberta a situação financeira grave em que estava o clube, aceitaram com alguma passividade essa realidade, ficaram a ver o que ia dar e o que deu foi a queda até ao distrital. O problema financeiro mantem-se, é o problema mais sério e grave com que nos deparamos no momento e sem o resolvermos não poderemos pensar noutros voos. No entanto está a ser atacado com grande coragem e estamos em crer que a sua em breve será ultrapassado. Queremos limpar a casa, voltar a ter credibilidade, e apresentarmo-nos como um clube com saúde. Penso que até ano natal muita coisa de positivo irá acontecer”.

Quanto à nova época o Presidente da equipa fatimense não deixa margem para duvidas, “toda a equipa que disputa um campeonato fá-lo para vencer, nós viemos do nacional e queremos regressar o quanto antes ao nosso lugar e voltar a ter o estatuto que merecemos. Ambições temo-las todas, mas não quer dizer que sejam favas contadas. Vamos entrar num campeonato onde poderemos ter alguns problemas. Logo à cabeça o desconhecimento que temos desta competição, devido aos tais trinta e um anos em que andámos noutros terrenos, embora julgue que vinda de cima estaremos à altura de fazer face aos problemas”. Por agora o plantel do Centro Desportivo de Fátima tem vinte e cinco jogadores, sendo a sua grande maioria caras novas, para o Padre António Pereira tinha mesmo que ser assim, “nós tínhamos que varrer a casa, o que se passou foi desagradável, foi contra a nossa logística e para começar de novo e pensarmos em novos voos tínhamos que varrer a casa”.

- Publicidade -

A equipa da Cidade de Fátima está a construir uma equipa quase do zero. Tem um novo treinador, o professor João Henriques, soma vinte e uma aquisições entre jogadores vindos dos nacionais e do estrangeiro. É apontada, como a principal candidata ao título, não só por ter descido, mas também, como dizem os adversários, “pelo investimento feito em jogadores profissionais”. O Padre António Pereira aceita o estatuto de candidato mas refuta o investimento em jogadores profissionais. “Nós neste momento não temos jogadores profissionais, se subirmos para o ano sim. Este ano temos jogadores que eram profissionais, que eram na sua maioria do Campeonato Nacional de Seniores. Neste momento o que temos são alguns jogadores estrangeiros que para fazerem parte do plantel têm que ter o estatuto de profissional, mas é apenas isso”.

Instado a pronunciar-se sobre o estatuto de “salvador do Centro Desportivo de Fátima”, o Padre António Pereira diz que sozinho, nada conseguiria. “Sozinhos não podemos nada, não valemos nada. Agora tendo uma equipa ao nosso lado, empenhada, com valor e com crer, podemos tudo. É por isso que dou a cara porque sei que tenho comigo pessoas credíveis e empenhadas que nos permitem dizer que neste momento já chegámos à tona de água”. António Pereira, fez parte dos corpos gerentes do CD Fátima em 1999, em 2002 foi eleito Presidente da Direcção, saiu em 2008 e retomou as rédeas do clube há pouco mais de um ano.

Centro Desportivo de Fátima 2015-2016

Treinador Principal: João Henriques

Jogadores:Jorge Neves; André Sousa (ex-U.Leiria); Vasco Gonçalves (ex-Grap); Pedro Emanuel (ex-Peniche); Francisco Saraiva (ex-junior CD Fátima); Luis Filipe “Luisito” (ex- Grap); Slimane (Arábia Saudita); Abdul (Arábio Saudita); Imran (ex- Gafsa da Tunisia); João Neto; Faisal; Leandro; Nelson Sousa (ex- U.Leiria); Capão (ex-Grap); Ednilson (ex- Marrazes); Bruno Heleno (ex- Ouriense); Rui Ferreira (ex- Ouriense); Pedro Lourenço (ex- Torreense); João Matins (ex- Fazendense); Nuno Ribeiro (ex-Lusitanos); Élio Santos (ex-Ouriense); Furtado (ex-Marrazes); Neves (ex-Ouriense); Laranjeiro (ex-U.Leiria); Cepeda (ex-Cernache).

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome