Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Outubro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

​Tomar | Festival Bons Sons é finalista dos Iberian Festival Awards 2017

A organização dos Iberian Festival Awards revelou esta quarta-feira, dia 25, os finalistas da segunda edição do evento que distingue festivais, marcas, media e artistas portugueses e espanhóis. Os festivais Bons Sons (Tomar) e Rock na Vila (Vila de Rei) estavam nomeados, tendo o primeiro conquistado os votos do público em quatro categorias e aguarda a decisão do júri em cinco. Os prémios são entregues no próximo dia 16 de março no MACBA – Museu de Arte Contemporânea de Barcelona.

- Publicidade -

O Festival Bons Sons, que este ano se realiza entre 11 e 14 de agosto, e o Festival Rock na Vila, marcado para os dias 2 e 3 de junho, figuravam na lista dos 205 nomeados para as 19 categorias Iberian Festival Awards 2017. O evento vai na segunda edição e os finalistas foram revelados esta quinta-feira, podendo o Bons Sons conquistar nove prémios no próximo mês de março. O festival realizado no Parque de Feiras de Vila de Rei não teve a mesma sorte.

​O evento que transforma aldeia de Cem Soldos num palco gigante destacou-se em 2016 ao ganhar o prémio de “Melhor Festival de Média Dimensão” e este ano pode repetir o feito. Como adversários tem quatro festivais de música portugueses (EdpCoolJazz, Festival F, Festival Med e Milhões de Festa) e cinco espanhóis (Arrecife en Vivo, Azkena Rock Festival, Ebrovisión, Mundaka Festival e Noches del Botanico).

- Publicidade -

À semelhança da categoria anterior, a nomeação de “Melhor Parque de Campismo” foi partilhada com o Festival Rock na Vila. O Bons Sons irá competir novamente pelo prémio conquistado em 2016 pelo Bilbao BBK Live com este festival espanhol e mais oito que marcam o ritmo da Península Ibérica. De Portugal surgem na lista o Monte Verde Festival, o Musa Cascais, o Vagos Metal Fest e o Voa Fest, aos quais se juntam os espanhóis Atlantic Fest, Ebrovision, Resurrection Fest e Weekend Beach Festival.

O prémio “Melhor Atuação ao Vivo” pode ser conquistado com o concerto de Jorge Palma. Foto: José Bandos

Na primeira edição dos Iberian Festival Awards, o Festival Músicas do Mundo “roubou” ao Bons Sons o galardão que distingue o “Melhor Alinhamento”. O evento realizado em Sines volta a estar entre os finalistas, mas este ano os ventos podem soprar a favor do festival tomarense e levá-lo a bom porto, à frente de outros festivais nacionais (EdpCoolJazz, Festival Med, Lisboa Dance Festival) e do país vizinho (Azkena Rock Festival, Bilbao BBK Live, FIB – Festival Internacional de Benicassim, Mad Cool Festival e Resurrection Fest).

A “Melhor Atuação ao Vivo” também representa uma segunda tentativa, depois dos Clã terem perdido para a banda espanhola de indie rock Vetusta Morla, no Medusa Sunbeach (Espanha). A atuação de Jorge Palma em 2016 concorre com as de António Zambujo no Festival Med, Capitão Fausto no Vodafone Paredes Coura, D.A.M.A no Meo Marés Vivas e Orelha Negra no Super Bock Super Rock. Os concorrentes espanhóis são o festival Low Festival com o concerto de Belako, Santander Musi com Izal, SonRías Baixas com La Gran Pegatina, Mundaka Festival com Los Enemigos e o Cruilla Barcelona com Vetusta Morla.

A vitória na categoria “Contribuição para a Sustentabilidade” será a confirmação do reconhecimento obtido no ano passado. Neste momento, aguarda a decisão do júri revelado esta quarta-feira, cujo painel é composto por Fernando Alvim, Francisco Cabral e Pedro Primo Figueiredo (Portugal), Almudena Palacios, Katy Lema e Sergio Figueiras (Espanha) e Janis Van Lokven, Jeske Eekelaar e Pedro Nonato (Internacional).

O festival realizado em Cem Soldos conquistou os prémios de “Melhor Festival de Média Dimensão” e “Contribuição para a Sustentabilidade” no ano passado. Foto: mediotejo.net

Os nove jurados têm, igualmente, nas mãos o futuro do Bons Sons nas categorias em que se estreia na edição de 2017, podendo suceder aos festivais espanhóis Cruilla Barcelona, Primavera Sound e Bilbao BBK Live nos prémios “Melhor Programa Cultural”, “Melhor Comunicação” e “Melhor Infraestrutura”, respetivamente. A categoria “Melhor Acolhimento e Receção” também é novidade e foi vencida em 2016 pelo Piknic Electronik Lisboa.

Festivais, marcas, media e artistas portugueses e espanhóis voltarão no âmbito do Talkfest – International Music Festivals Forum, organizado pela Aporfest – Associação Portuguesa de Festivais de Música em parceria com os UK & European Festival Awards, que este ano se realiza nos dois lados da fronteira. O Museu das Comunicações e no Musicbox, ambos em Lisboa, recebem o evento a 9 e 10 de março, e o MACBA – Museu de Arte Contemporânea de Barcelona recebe a entrega dos prémios dos Iberian Festival Awards no dia 16.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome