VV Ródão | Centro de Interpretação da Arte Rupestre recebe investimento de 01ME

Centro de Interpretação da Arte Rupestre de Vila Velha de Ródão vai receber um investimento de 01ME. Foto: DR

A Câmara de Vila Velha de Ródão vai investir cerca de um milhão de euros na requalificação e ampliação do Centro de Interpretação da Arte Rupestre do Vale do Tejo, anunciou o município local.

PUB

As obras de requalificação e ampliação do edifício destinado ao Centro de Interpretação da Arte Rupestre do Vale do Tejo, em Vila Velha de Ródão, no distrito de Castelo Branco, vão implicar um investimento total de cerca de um milhão de euros.

“Esta obra implica uma infraestrutura praticamente nova. Trata-se de um projeto muito abrangente e extenso ao nível da sua intervenção, sobretudo, no interior e numa ampliação muito significativa do espaço construído”, afirmou à agência Lusa, o presidente da Câmara de Vila Velha de Ródão, Luís Pereira.

O autarca explica que o objetivo passa por aumentar o espaço de exposição do Centro de Interpretação da Arte Rupestre e dotar o edifício de equipamentos que incorporem novas tecnologias, possibilitando aos visitantes um contacto com o espólio disponível e o acesso virtual às figuras de arte rupestre que estão submersas nas águas do rio Tejo.

“Esta obra vai abrir uma porta nova e dar a possibilidades às pessoas de perceberem toda a riqueza patrimonial que o Vale do Tejo sobre as águas do rio. Vem também reforçar e complementar, a nível concelhio, a rede de espaços que o município disponibiliza aos visitantes”, sustentou.

PUB
A Câmara de Vila Velha de Ródão vai investir cerca de um milhão de euros na requalificação e ampliação do Centro de Interpretação da Arte Rupestre do Vale do Tejo, anunciou o município local. Foto: DR

Luís Pereira explicou ainda que o concurso público já foi lançado, e adiantou que espera que as obras se iniciem no primeiro trimestre de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here