VN Barquinha | Quinta do Lagarito convertida em loteamento de 23 moradias

Quinta do Lagarito. Foto: mediotejo.net

A Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha aprovou na reunião do dia 10 o projeto de loteamento da Quinta do Lagarito, uma quinta situada na vila que está fechada há cerca de duas décadas. Aquilo que era um espaço de casamentos e outros eventos, atualmente abandonado e vandalizado, vai dar lugar a um loteamento de 23 moradias em banda, um empreendimento da empresa Aquino Construções, de Ourém.

PUB

O projeto vai ser concretizado em duas fases: a primeira correspondente aos lotes das edificações existentes e a segunda aos lotes novos a constituir.

Com uma área total de 14.240m2, a quinta vai ser transformada em 23 lotes de habitação unifamiliar com um ou dois pisos, numa área total bruta de construção aproximada de 6 mil m2. Prevê 70 lugares de estacionamentos interiores e mais dois por cada fogo, no exterior.

O promotor tem agora seis meses para corrigir questões de pormenor de acordo com a informação técnica da Câmara e para apresentar os projetos de infraestruturas.

A empresa Aquino Construções passou por um processo de insolvência no final da primeira década deste século, mas conseguiu superar as dificuldades financeiras depois de, em 2011, ver aprovado em assembleia de credores um plano que viabilizou a empresa.

PUB

Desde 2011, o presidente do Conselho de Administração da Aquino Construções é António Paiva, ex-presidente da Câmara Municipal de Tomar.

O concelho de Vila Nova da Barquinha está a registar nos últimos meses uma grande dinâmica imobiliária, quer a nível de construção quer a nível de requalificação. “Felizmente temos muita procura de habitação e nesta altura não há no concelho casas para arrendar”, confirma o presidente da Câmara, Fernando Freire (PS).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here