VN Barquinha | Deus manuseou as festas do concelho (c/video e fotogaleria)

Espetáculo "Manusear", do Projeto EZ, na Feira do Tejo. Foto: mediotejo.net

E se a realidade fosse conduzida por Deus com uma banda reboque? E se Ele tivesse passado pelo parque ribeirinho de Vila Nova da Barquinha esta segunda-feira, dia 11, para mostrar que podemos escolher a felicidade em detrimento dos placebos que nos vendem mascarados de milagres? Não sabemos se Ele esteve mesmo lá, mas houve quem se assumisse como Alta Divindade durante o espetáculo de teatro de rua “Manusear”, do Projeto EZ, que teve estreia nacional na Feira do Tejo.

PUB

“Lembrem-se, eu sou Deus”. A frase repetiu-se desde o momento em que os artistas do Projeto EZ, que constrói “ideias impossíveis” desde 2012, deram entrada no Largo 1º de Dezembro para mostrar como exploram “um caminho louco em direção à felicidade”. A missão assumida nos flyers distribuídos pelo público e reafirmada pela originalidade dos adereços criados pelo grupo de Santa Maria da Feira para o espetáculo “Manusear”.

VN Barquinha | Deus manuseou as festas do concelho (c/video e fotogaleria)
Espetáculo “Manuesar”, do Projeto EZ, na Feira do Tejo. Foto: mediotejo.net

Uma banda conduzida por Deus. Atrás deles nós, a sociedade, presos por fios (bem visíveis) que alguns deuses vão manuseando de cada vez que oferecem placebos mascarados de milagres. Soluções perfeitas acabar com as imperfeições do corpo e da mente. Linhas delineadas com a ida de carro ao ginásio que fica a 200 metros. Paz de espírito induzida pela libertação de dopamina de cada vez que fumamos um cigarro ou bebemos um café.

A mensagem simples, crua e mordaz do grupo que busca a felicidade com “loucura, engenho e muita EstupideZ” deixou para o final a reflexão sobre o tempo que passou desde que nos perguntámos quem somos, desde que dissemos que nos amamos, desde que a nossa prioridade foi algo diferente da felicidade. A mesma que consiste num processo de descoberta de nós próprios e dos outros, de deixarmos de desperdiçar tempo para conquistar tempo.

PUB

Festas de VN Barquinha | Espetáculo "Manusear" do Projeto EZ (teatro de rua)

Publicado por mediotejo.net em Segunda-feira, 11 de Junho de 2018

Estas e outras questões ficaram soltas na Feira do Tejo, sem fios de marionetas a prendê-las ao social e politicamente correto. Ganharam sentido próprio junto de cada pessoa que as ouviu e pode voltar a encontrar-se com elas no parque ribeirinho de Vila Nova da Barquinha durante as muitas iniciativas previstas no programa que termina esta quarta-feira, dia 13 de junho.

VN Barquinha | Deus manuseou as festas do concelho (c/video e fotogaleria)
Espetáculo “Manusear”, do Projeto EZ, na Feira do Tejo. Foto: mediotejo.net

Blaya, antiga cantora e bailarina da banda Buraka Som Sistema, é cabeça-de-cartaz no Feriado Municipal, em pleno Dia de Santo António, no qual regressam ao parque ribeirinho a Macotes Parade, o batismo a cavalo, o workshop de canoagem, as visitas guiadas ao Parque de Escultura Contemporânea Almourol (PECA) e o teatro de rua da companhia Artelier.

Como novos motivos de visita surgem o “Peeti Ttail – Seguir trilhos, com pais e filhos” – para apoiar a Beatriz Morgado (Pipoca) – a cerimónia do hastear da bandeira, a celebração da missa em honra do santo padroeiro seguida de procissão, a experiência de ser artista por um dia no Centro de Estudos de Arte Contemporânea (CEAC) e a divulgação dos vencedores do concurso “Meu Querido Santo António”.

Nesta data, ainda há tempo para as danças de salão do Clube União de Recreios, a animação de rua com os “Os Barqueiros Falidos” e as atuações do grupo “Barquinha Saudosa” e dos alunos da Escola de Música de Vila Nova da Barquinha acompanhados pelo grupo de música popular Quadras e Partituras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here