Vila de Rei | Maioria PSD aprova prestação de contas, PS vota contra

Depois de o vereador socialista Luís Miguel Jerónimo apelidar o ano 2016 em Vila de Rei como “o ano do meio investimento”, e depois de a vereação PS votar contra os documentos de Prestação de Contas relativos ao ano 2016, eis que a bancada da assembleia municipal assume posição de consenso, subscrevendo a declaração de voto entregue pelos vereadores na passada reunião de executivo. Na sessão de assembleia desta quinta-feira, os documentos de Prestação de Contas foram aprovados por maioria, com 4 votos contra do PS.

PUB

O ponto 2, Documentos da Prestação de Contas relativos ao ano Financeiro de 2016 mereceu intervenção do deputado municipal José Januário Jerónimo (PS), que informou entrega de declaração de voto, a mesma que havia sido entregue pelos vereadores socialistas a 18 de abril. No documento pode ler-se que “Mas o que é manifestamente grave nesta execução da despesa é o facto de os Investimentos terem sido executados em apenas 58%! É por isso correcto dizer que o ano de 2016 foi o ano do “meio investimento”! Será que é para haver um reforço do investimento em ano de eleições?”.

Em representação da bancada do PS, José Januário Jerónimo concluiu, mediante leitura da declaração de voto que já havia sido entregue pelos vereadores do Partido Socialista, como “sinal de que os deputados municipais estão em uníssono com os vereadores”, fez notar depois de críticas endereçadas por Ricardo Aires (PSD) sobre o feedback entre vereadores e membros da assembleia municipal.

Vila de Rei | Maioria PSD aprova prestação de contas, PS vota contra
Bancada do PS de Vila de Rei na AM. Foto: mediotejo.net

“Por todas as razões elencadas e pelo facto de a execução ser pior que o ano anterior o Partido Socialista de Vila de Rei só pode ser contra a prestação de contas relativas ao ano financeiro 2016 e manifestar o nosso desagrado tendo em conta as promessas de investimento que foram feitas! E é também com muita pena nossa que nos parece que a execução dos orçamentos ao longo deste mandato autárquico em vez de estarem a melhorar estão a piorar porque em última instância quem fica a perder é Vila de Rei e os Vilarregenses”, leu José Januário Jerónimo (PS).

Perante os argumentos do PS, o autarca Ricardo Aires (PSD) disse ao deputado Januário Jerónimo (PS) que “aquilo que estão a dizer é mais do mesmo, é o de sempre”, frisando ainda que o PS de Vila de Rei “perdeu oportunidade de dizer outras coisas”.

Vila de Rei | Maioria PSD aprova prestação de contas, PS vota contra  Vila de Rei | Maioria PSD aprova prestação de contas, PS vota contra
Foto: mediotejo.net

O autarca já havia dito na reunião de executivo de dia 18 de abril que não entendia a retórica do PS, mostrando estar de consciência tranquila. “Como disse, e muito bem, tivemos menos investimento mas sabe que muitas obras não dependiam apenas da autarquia, como a escola ou o parque de feiras. Tenho a minha consciência tranquila. Temos feito uma política para as pessoas. Quando diz que não há investimento em Vila do Rei é por se calhar não andam por cá”, disse o presidente da CM Vila de Rei na altura.

Também a deputada do PSD Fátima Tavares interveio em contraditório perante a intervenção de José Januário Jerónimo (PS), referindo que não houve falta de investimento mas sim “rigor no investimento autárquico”. Paulo Brito, presidente da mesa de assembleia, lembrou ainda que estes dados em que se verifica diminuição de investimento se refletem na estratégia do governo socialista desde o ano 2016.

DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here