“Um Plano Nacional de Investimentos que aposta na região”, por Hugo Costa

Foto: DR

O Governo aprovou o Plano Nacional de Investimentos e remeteu o mesmo para a Assembleia da República com vista à sua aprovação por largo consenso. De referir que, no Programa de Governo, as grandes obras públicas devem ser aprovadas por 2/3, ou seja, por uma maioria muito alargada de deputados. É um plano ambicioso, que visa servir o país na mobilidade, no ambiente e na energia. Portugal precisa de investimento público, sendo este necessário para o nosso desenvolvimento.

PUB

O documento preparado foi apresentado pelo Governo depois de consultadas todas as Comunidades Intermunicipais e de se ouvirem muitas entidades. Certamente que em qualquer análise podemos encontrar outras opções de investimento mas, sublinho, o mesmo permite um investimento no distrito de Santarém como nunca tinha sido realizado nos últimos anos.

Por exemplo, este documento permite respostas para vários dos problemas de mobilidade da região que são demonstrativos da importância que o Governo do PS dá ao distrito de Santarém. Espero que as necessárias soluções de financiamento sejam encontradas, a bem da nossa região.

A nível de ferrovia, as melhorias do troço Vale de Santarém – Entroncamento com a construção de uma nova variante, é um anseio e uma necessidade antiga. Esta ligação permite o aumento da velocidade máxima de circulação entre Santarém e Entroncamento e representa uma melhor qualidade de vida para as populações. A aposta na ferrovia é central para o país e esta ligação é crucial para o futuro.

A nível de rodovia, encontramos neste documento a construção de uma nova ponte, a solução para as acessibilidades ao Eco Parque do Relvão, a requalificação das pontes da Lezíria do Tejo, a melhoria da mobilidade na região e a ligação do IC9 à A1 em Fátima. Estas obras são de extrema importância, quer para as empresas, para o turismo e as populações.

PUB

Obviamente que as acessibilidades nos concelhos de Abrantes, Chamusca e Constância são um problema que deve ser resolvido e encarado de frente. A situação das empresas, do ecoparque do Relvão e a necessidade diária de mobilidade das pessoas são uma necessidade. Como deputado eleito pelo distrito de Santarém, tenho trabalhado afincadamente nestas questões e as repostas devem ser encontradas. Devemos por exemplo encontrar uma solução para finalizar o IC3 e continuarei nessa linha de defesa.

Contem comigo para o diálogo e para estar junto das populações e na resolução dos problemas.

Por todos os motivos assinalados anteriormente, este plano pelo crescimento de investimento na região face ao anteriormente previsto só pode ser considerado positivo. Obviamente que, neste período, devemos continuar a trabalhar para a construção dos melhores consensos para os investimentos necessários na região. O país e o distrito de Santarém precisam dessa união.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here