Torres Novas | Vieira da Silva defende modelo das IPSS e elogia CRIT (c/vídeo)

Vieira da Silva recebeu uma medalha dos 40 anos do CRIT. Foto: mediotejo.net

O Centro de Recuperação e Integração Torrejano (CRIT) celebrou na quarta-feira, 13 de dezembro, o seu 40º aniversário, com a presença do Ministro do Trabalho e da Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva. Numa cerimónia em que se homenageou ex-dirigentes, trabalhadores e utentes, Vieira da Silva elogiou o trabalho levado a cabo pelo CRIT, afirmando acreditar no modelo que coloca as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) como pilar da ação social a nível nacional.

PUB

O CRIT “é uma grande instituição em matéria de cooperação com o Estado”, frisou o Ministro, tendo crescido de forma “coerente” e “inovadora”. “O CRIT tem uma ambição de fazer mais”, sendo que “o Estado será parceiro desse esforço”, garantiu.

Torres Novas | Ministro da Solidariedade Social, Vieira da Silva, nos 40 anos do CRIT

Publicado por mediotejo.net em Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Na cerimónia dos 40 anos do CRIT, Vieira da Silva não fez promessas, mas deixou algumas mensagens de apoio ao trabalho desenvolvido pelas IPSS. “Estamos numa viragem exigente das políticas sociais”, salientou, em que se consagra cada vez mais o “direito à autonomia, à vida autónoma”. “A legislação prevê os centros de apoio à vida independente”, referiu, que dão agora os primeiros passos.

Na linha da defesa das políticas de inclusão, o responsável constatou que o país fez um percurso particular, colocando as IPSS como um “pilar de ação social”. “Acredito nesse modelo”, embora por vezes tenha momentos menos bons, admitiu. “Há mais de meio milhão de utentes diretos destas respostas de ação social”, constatou, frisando o atual modelo como necessário, devendo ser “melhorado e preservado”.

PUB

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here