Torres Novas | Teatro Virgínia transforma-se n’A Casa de Bernarda Alba

A Casa de Bernarda Alba, no Teatro Virgínia. Foto: DR

A Companhia João Garcia Miguel (Cia JGM) entra em cena no Teatro Virgínia este sábado, dia 26, com o espetáculo “A Casa de Bernarda Alba”. Uma produção teatral inspirada no texto de Federico García Lorca, adaptado e encenado por João Garcia Miguel, que chega pelas 21h30, depois de ter viajado pelo país e ter estado no Festival Yesu Luso, em São Paulo (Brasil).

PUB

Pelo palco passam os atores Sean O’Callaghan, Annette Naiman, Paula Liberati e Duarte Melo para interpretar a peça que é dada a conhecer pelo encenador:

“Com a morte do segundo marido, Bernarda Alba decreta um luto de oito anos e submete as suas filhas à reclusão, dentro das frias paredes da casa, com as janelas fechadas. Duas das filhas, porém, apaixonadas pelo mesmo galanteador das redondezas, um rapaz de vinte e cinco anos chamado Pepe Romano, desencadeiam uma disputa cruel e perigosa para conquistarem o amor desse homem, com consequências trágicas.

A escolha de A Casa de Bernarda Alba é um apelo contra o isolamento que aumenta no mundo. É por isso um libelo, um resistir. Regressam as “Bernardas Albas” crescendo à luz cruel dos nossos dias, como monstros que despedaçam vidas. As “Bernardas Albas” fecham as casas, que é como quem diz, as nossas instituições e são a cada dia mais coercivas. As oportunidades não iguais para todos…”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here