Torres Novas | Nuno Tomé alcança II nível de cinto negro em Krav Maga

Nuno Tomé e o mestre Paulo Pereira,presidente e diretor tecnico nacional da Fpkm. Foto: DR

Nuno Tomé, mestre da Federação Portuguesa Krav Maga (Fpkm) e representante da Fpkm nos distritos de Santarém e de Leiria, atingiu com êxito o II nível dentro do cinto negro, após um exame  de seis horas de elevada exigência técnica  e esforço realizado no sábado em Oeiras, sendo o único atleta a atingir este nível na região.

PUB

PUB

A residir em Vila Nova da Barquinha, Nuno Tomé, aos 45 anos idade e com 11 anos de krav maga, conseguiu obter a graduação de cinto negro II darga da Fpkm, tendo sido avaliado pelo presidente e diretor técnico nacional, o mestre Paulo Pereira V darga da Federação Europeia e portuguesa (Fekm/Fpkm).

De destacar que Nuno Tome já anteriormente foi o primeiro a conseguir a graduação de cinto negro da Fpkm na zona centro, conseguindo agora ser também o primeiro a conseguir atingir o segundo nível dentro do cinto negro Fpkm na zona centro e entrando no restrito lote de atletas nacionais a alcançar esta graduação.

Nuno Tomé é responsável técnico da escola Fpkm de Torres Novas, onde leciona, e que também é a escola pioneira do krav maga Fpkm no centro do país.

A conceção do Krav Maga, de origem militar, é a de uma luta reconhecida como arte de defesa pessoal e não como arte marcial. Não envolve provas de competição e a sua técnica visa a legítima defesa em situações de perigo real, com respostas simples, rápidas e objetivas para eventuais situações de perigo que possam ocorrer no dia a dia.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here