Torres Novas | Assembleia Municipal quer alargamento do PNSAC até Tomar

Assembleia Municipal de Torres Novas de 22 de abril de 2019 Foto: mediotejo.net

O presidente da mesa da Assembleia Municipal de Torres Novas, José Trincão Marques (PS), levou à sessão de segunda-feira, 22 de abril, uma moção, realizada a título individual, pelo alargamento dos limites do Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros (PNSAC), numa extensão que atinge aos fronteiras do concelho de Tomar. A proposta foi aprovada por unanimidade.

PUB

Na sua exposição, José Trincão Marques recordou que se celebra este ano o 40º aniversário do PNSAC, considerando ser este um “momento único” para alargar o parque, uma vez que estão em curso o Plano Diretor Municipal de Torres Novas e o Plano de Ordenamento do PNSAC. Segundo o responsável, esta ampliação contempla espaços que atualmente se encontram em reserva ecológica nacional, pelo que não terá implicações de maior no território.

proposta de alargamento (a verde) do PNSAC de José Trincão Marques Foto: D.R.

O presidente da Assembleia leu de seguida as cinco páginas em que apresenta os argumentos para o alargamento do PNSAC, salientando motivos de preservação ecológica, geológica e do ecossistema, mas também de promoção da investigação científica e pedagogia. Propôs assim apresentar ao Ministério do Ambiente e Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas uma nova linha fronteiriça, que terá como limites: poente, a estrema do concelho de Alcanena; sul, toda a extensão, desde a base, da Escarpa dos Arrifes do Maciço Calcário Estremenho até à estrema do concelho de Tomar a nascente; norte, os atuais limites geográficos do PNSAC no concelho de Torres Novas e estrema do concelho de Ourém; nascente, a linha de estrema com o concelho de Tomar.

Caso as entidades competentes nada decidam até 31 de outubro, a mesma moção compromete-se a iniciar a 1 de novembro o processo de classificação da área geográfica mencionada como Área Protegida de Interesse Local.

A proposta obteve aceitação quer do Bloco de Esquerda quer do PSD (a CDU encontrava-se ausente da sessão e o CDS e o PS não se manifestaram). Da parte do Bloco foi mencionada porém alguma estranheza com o facto da proposta partir exclusivamente de José Trincão Marques, levantando-se a hipótese de ser uma questão partidária, dado o apoio do executivo PS à construção de um aeroporto internacional em Pias Longas, mencionado nessa mesma sessão, e que poderá assim ficar inviabilizado.

PUB

Os socialistas, porém votariam, favoravelmente a proposta, sendo esta aprovada por unanimidade.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here