Tomar | “Toda a Linha Recta é um Arco de um Círculo Infinito” em exposição na Levada

A exposição de fotografia “Toda a Linha Recta é um Arco de um Círculo Infinito” (ou em inglês, «Every Straight Line Is an Arc of an Infinite Circle»), de Valter Ventura, vai estar patente no Complexo Cultural da Levada, em Tomar, de 7 de fevereiro a 8 de março. A mostra apresenta “uma série de imagens onde separa a representação da matéria daquilo que não tem corpo palpável”. A inauguração acontece esta sexta-feira, dia 7, pelas 18h00.

Segundo informação do município, a exposição compõe-se por dois momentos. Numa das paredes exibe-se um conjunto de fotografias de um esqueleto humano, em que a sua organização, distante de uma vontade que explica, responde a uma lógica de inventário e a uma vontade que classifica. O esqueleto aparece desmembrado e os ossos que o compõem autonomizam-se em folhas separadas. O papel acusa ainda as dobras que permitem reconhecê-lo como parte de um grupo que se arruma e arquiva, ou que se utiliza para efeito de estudo e consulta.

No canto oposto, será exibido um registo de vídeo que documenta a elaboração de um fogo arcaico, filmado em estúdio, onde a atenção se foca sobre os instrumentos e o processo utilizado para a criação da chama.

PUB

Ambos os momentos se complementam num ciclo (círculo) de morte e nascimento, de coisa estática e em movimento, de matéria e energia que se repete num ato de procura. Uma procura conjunta entre entendimento e encantamento que, desde sempre, articula aquilo que nos compõe.

A exposição pode ser visitada de quarta a domingo, entre 14h00 às 17h00 no Complexo Cultural da Levada.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here