Tomar | Muitas iniciativas enchem as horas dos “Dias de Thomar”

Corredoura, em Tomar. Foto: mediotejo.net

Tomar celebrou no dia 13 de fevereiro os 175 anos da assinatura do despacho régio em que D. Maria II a elevou a Cidade e a efeméride foi assinalada com o arranque dos “Dias de Thomar”. O programa surge recheado de atividades associadas à cultura, desporto e gastronomia e o Dia da Cidade, que é comemorado esta sexta-feira, dia 1 de março, inclui cerimónias oficiais e o aniversário dos Bombeiros Municipais.

PUB

São muitas as horas para usufruir nos “Dias de Thomar”, que decorrem desde os dias 13 de fevereiro e 3 de março e começaram com a exposição da carta original da Elevação de Tomar a Cidade e a Estátua Viva D. Maria II na Biblioteca Municipal Dr. António Cartaxo da Fonseca. Nesse dia foi também feita a apresentação pública do projeto para o Complexo Cultural da Levada de Tomar no Moinho da Ordem.

No que respeita às iniciativas culturais, estas já decorreram nos dias 22, 23, sendo que esta quinta-feira, dia 28 de fevereiro, atuam Toy e FH5, no mercado munciipal, ás 21:30. As celebrações continuam esta sexta-feira, dia 1 de março.

Na primeira data [dia 22] o público ficou a conhecer o livro “Lenda de Santa Iria” com ilustrações dos alunos de Artes da Escola Secundária Jácome Ratton, no Complexo Cultural da Levada (Moinho da Ordem). A literatura deu lugar à música e Nuno Ricky subiu ao palco do Cine-Teatro Paraíso com a convidada Nucha.

Biblioteca Municipal Dr. António Cartaxo da Fonseca, em Tomar. Foto: mediotejo.net

No dia 23, juntou-se a fotografia com a inauguração da exposição “Futebol, Fátima, Fado e… Facebook”, do fotojornalista Arlindo Homem, mostra que pode ser visitada até ao dia 31 de março na Casa Manuel Guimarães. A música regressa esta quinta-feira, dia 28, e leva Toy e os FH5 até ao Mercado Municipal no concerto agendado para as 21h30.

PUB

No Dia da Cidade, 1 de março, as propostas culturais começam com artes plásticas e, às 15h00, é inaugurada a exposição coletiva “13 Luas” no Complexo Cultural da Levada. A música passa pelo Cine-Teatro Paraíso, a partir das 21h30, com a atuação da Orquestra Sinfónica de Thomar e pela tenda do Mercado Municipal, pelas 22h30, com Fernando Alvim e Pão de Ló DJ Sets.

A apresentação do livro “Tomar” de José Matias, José Faria e Samuel Pereira também estava prevista no feriado municipal, mas foi adiada. Até ao anúncio da nova data, houve oportunidade para saborear as sugestões gastronómicas previstas, e que começaram pelo “Tomar à Prova – Rota das Tapas”, que se realizou entre os dias 15 e 24 de fevereiro nos 16 estabelecimentos aderentes.

Complexo Cultural da Levada, em Tomar. Foto: mediotejo.net

A Praça da República é ponto central em Tomar e é neste local que decorrem as cerimónias oficiais. No Dia de Tomar, esta sexta-feira, 1 de março, comemora-se quando D. Gualdim Pais fundou o Castelo Templário, cuja construção se iniciou neste data em 1160. 859 anos depois, pelas 10h00, são hasteadas as bandeiras e depositadas flores na estátua do quarto Mestre da Ordem do Templo em Portugal.

A sessão solene da Assembleia Municipal está marcada para as 10h45 no Cine-Teatro Paraíso e inclui homenagens a individualidades e entidades tomarenses, assim como a funcionários municipais.

A realização da Festa dos Tabuleiros neste ano é assinalada com a presença de uma estátua viva alusiva ao evento na Praça da República, entre as 11h00 e as 13h00, e na Corredoura, entre as 15h00 e as 17h00.

Praça da República, em Tomar. Foto: mediotejo.net

Outro ponto alto deste dia são as comemorações do 97º aniversário dos Bombeiros Municipais de Tomar, a partir das 16h00, no quartel dos bombeiros. O momento dá seguimento ao realizado no passado dia 28 de janeiro com a cerimónia com o hastear da bandeira e a deposição de coroa de flores junto do Monumento aos Soldados da Paz.

O desporto encerra o programa dos “Dias de Thomar” com a realização da 36ª edição da prova “3 Léguas do Nabão” (consulte o regulamento aqui), que tem partida na Praça da República. Os atletas com idade igual ou superior a 18 anos começam a percorrer o percurso de cerca de 15km às 10h30 e quem optar pela caminhada de cerca de 10km e grau de dificuldade baixo parte às 09h30.

As crianças que frequentam o ensino pré-escolar e o 1º ciclo do Ensino Básico no concelho serão acompanhadas por guias ao longo dos 600m da “Léguazinha” e os atletas nascidos entre 2002 e 2012 podem participar na “Mini-Légua”, com uma extensão de 1,7km e sem caráter classificativo. Nestes casos, a partida da primeira prova está agendada para as 10h10 e a da segunda para as 10h40.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here