Tomar | Mão de S. Gregório em exposição na Igreja de Santa Maria do Olival

Tomar - Igreja-de-Santa-Maria-do Olival. Foto CIMT

Tomar vai evocar o dia da morte de D. Gualdim Pais, mestre templário e fundador do castelo, com a exposição da “Mão de S. Gregório Nanzianzeno” no dia 13 de outubro. A peça trata um relicário, que se crê ter sido trazido por Gualdim Pais da Palestina, aquando da sua participação nas Cruzadas. O relicário, que desde 2007 não era apresentado em Tomar, poderá ser apreciado entre as 10 e as 18 horas, na igreja de Santa Maria do Olival.

PUB

Refira-se que S. Gregório é um dos quatro doutores da Igreja oriental. Consta que após a sua morte se terá procedido à distribuição das suas relíquias, sendo grande a sua veneração no período medieval. No caso deste relicário, contém dois dedos alegadamente da mão direita do santo, e seria originalmente modesto, tendo sido enriquecido após o período manuelino, encastoado em prata com pedras preciosas.

Foto: DR

A sua importância prende-se com o facto de ser uma peça artística e histórica tomarense, que esteve por períodos na Charola e na igreja de Santa Maria dos Olivais, encontrando-se hoje depositada no museu da Sé de Lisboa.

Esta iniciativa, segundo a autarquia, encontra-se integrada nas comemorações do nono centenário da criação da Ordem do Templo, e incluirá também uma visita comentada às inscrições pétreas da igreja e uma narrativa acerca do enterro do mestre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here