Tomar | Empresários de 38 países partilham oportunidades de negócios (c/vídeo)

Arrancou na manhã desta segunda-feira, 23 de outubro, no Hotel dos Templários, em Tomar, a sexta edição do NERSANT Business, um Encontro de Negócios do Ribatejo promovido pela Associação Empresarial da Região de Santarém que, este ano, conta com a maior participação de sempre: mais de 70 empresários de 38 países presentes (mais 10 do que na edição passada) que, durante três dias, vão partilhar oportunidades de negócios. Na primeira edição, contavam-se seis delegações.

PUB
Tomar | Empresários de 38 países partilham oportunidades de negócios (c/vídeo)
Maria Salomé Rafael, presidente da Nersant, salienta que este é um evento que tem vindo a crescer a cada nova edição Foto: mediotejo.ne

Tomar / Nersant Business junta empresários de 38 países no Hotel dos Templários de 23 a 25 de outubro / Sessão de abertura

Publicado por mediotejo.net em Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

Números em crescendo que foram sublinhados por Maria Salomé Rafael, presidente da NERSANT, na cerimónia de abertura do NERSANT Business 2017. “Nesta sexta edição, conseguimos 38 países. Estão numa região com empresas altamente desenvolvidas, tecnologicamente muito avançadas, com o melhor que se faz no mundo, muito modernas e competitivas, em que o crescimento das exportações é superior ao crescimento da média do país e, por conseguinte, creio que escolheram bem em estarem com os empresários do Ribatejo”, disse.

Tomar | Empresários de 38 países partilham oportunidades de negócios (c/vídeo)
Participam neste encontro mais de 70 empresários provenientes de 78 países Foto: mediotejo.net

Presente na sessão de abertura, a presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas deu as boas vindas a todos os presentes, agradecendo publicamente a escolha da Nersant ter recaído em Tomar para a realização de mais uma edição. “Quero partilhar com todos aquilo que foi o crescimento desta iniciativa desde a primeira edição até à sexta edição que, como já foi dito começou com seis países e já vai em 38”, sublinhou.

“O facto das empresas tomarenses terem-se associado à NERSANT só demontra aquilo que é o vosso trabalho e, mais do que o dinamismo de Tomar, o dinamismo de toda a região”, disse.

Tomar | Empresários de 38 países partilham oportunidades de negócios (c/vídeo)
Maria Salomé Rafael, presidente da Nersant com a presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas e o deputado da AR, Hugo Costa Foto: mediotejo.ne

“Penso que a escolha de Tomar também é uma escolha simbólica. Tomar está ligado à história dos Descobrimentos. E, se há séculos atrás, a partir de Tomar, se pensou os descobrimentos hoje, também, a partir de Tomar se descobrem os novos descobrimentos. Que são, estas vias de desenvolvimento económico que traz desenvolvimento social a todas as regiões em que se encontrem. Que o espírito templário ilumine os vossos trabalhos e que daqui partam muitos negócios para todo o mundo e, em especial para a região do Ribatejo”, disse.

Apesar de estar anunciada a sua presença, o Secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches não compareceu na abertura deste evento, segundo apurámos, por motivos de saúde.

Tomar | Empresários de 38 países partilham oportunidades de negócios (c/vídeo)
Anabela Freitas, presidente da Câmara de Tomar, deu as boas vindas aos participantes Foto: mediotejo.net

Realizado desde 2012, o Nersant Business é já considerado um dos maiores encontros internacionais de negócios em Portugal. O evento tem vindo a ganhar escala, quer através do número de empresas da região e do país que têm demonstrado interesse em participar, quer pelo interesse dos países estrangeiros, que têm vindo a aumentar desde então.

O modelo de incentivo à exportação da NERSANT no evento é simples. Os primeiros dois dias do evento estão reservados para a realização de reuniões de negócio, agendadas previamente pela NERSANT de acordo com os interesses dos participantes, sendo que o terceiro dia é reservado para a visita às empresas.

Tomar | Empresários de 38 países partilham oportunidades de negócios (c/vídeo)
Encontros entre empresários vão prolongar-se durante três dias Foto: mediotejo.net

Presentes neste encontro de Tomar estão ainda várias Embaixadas e Casas de Comércios: Embaixada da Hungria, do Perú, República Dominicana. Câmara do Comércio Luso-belga-luxemburguesa, Câmara de Comércio Geral da República da China, Câmara de Comércio e Indústria Luso-chinesa, Câmara de Comércio e Indústria e Serviços de Portugal em Marrocos, Câmara de Comércio e Indústria Luso-mexicana, Casa da América Latina, Câmara de Comércio Portugal-Atlântico-Sul.

Quanto aos países e empresários inscritos são os seguintes: África Do Sul, Angola, Argélia, Azerbaijão, Bélgica, Brasil, Bulgária, Cabo Verde, Canadá, China, Colômbia, Costa Rica, Emirados Árabes Unidos, Equador, Estados Unidos da América, França, Gana, Geórgia, Holanda, Hungria, Índia, Irão, Letónia, Luxemburgo, Marrocos, México, Moçambique, Panamá, Perú, República Dominicana, República Checa, Roménia, S. Tomé e Príncipe, Sérvia, Suíça, Taiwan, Turquia e Ucrânia.

Maria Salomé Rafael assume terceiro e último mandato na direcção da Nersant

Tomar – Nersant Business 2017; Salomé Rafael fala ao mediotejo.net no arranque de mais um encontro internacional de negócios

Publicado por mediotejo.net em Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

Maria Salomé Rafael, presidente da Nersant que foi recentemente reeleita  – a tomada de posse está marcada para esta terça-feira, 24  de outubro – disse ao mediotejo.net que este será o seu último mandato.

“Perspectivamos sempre que se possam realizar negócios ou, pelo menos contactos que possam gerar negócios. Em vez de fazermos missões empresariais, consideramos que também é importante trazer empresários à nossa região uma vez que estão em contacto com empresas nossas e as possam visitar”, disse.

Em relação ao novo mandato, o terceiro que se prepara para assumir, Salomé Rafael disse que tem alguns desígnios importantes e que passam pela continuidade da reprogramação do quadro comunitário 2020 para as empresas (com maior simplificação e rapidez), a preocupação do pós-2020 com uma estratégia única de desenvolvimento e o desafio da economia digital/circular.

“Temos um conjunto de desafios novos para os quais é necessário criar competências técnicas para podermos ser mais competitivas”, disse.

DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here