Tomar | Cortejo Templário noturno, pela lente de Arlindo Homem (c/FOTOGALERIA)

Cortejo Templário noturno evocou em Tomar legado do mestre Gualdim Pais. Foto: Arlindo Homem

Milhares de pessoas saíram no sábado à rua na cidade de Tomar para assistirem ao emblemático Cortejo Templário Noturno, evento que principiou noite alta no Castelo de Tomar, seguindo os figurantes com fogo dos archotes pelas ruas do centro histórico e envolvente, com centenas de participantes trajados a rigor para lembrar o legado da Ordem do Templo e evocar Gualdim Pais.

PUB

Este ano a Festa Templária não se realizou devido à coincidência de datas com a Festa dos Tabuleiros, mas ainda assim foram evocados no cortejo os aniversários da morte do mestre D. Gualdim Pais, em 1195, bem como do início da perseguição aos Templários, que terminaria com a sua extinção, em 1307, ambos a 13 de outubro.

O legado histórico templário está enraizado e muito presente na cidade e nos tomarenses, fazendo parte da sua identidade histórica e cultural.

Cortejo Templário noturno levou milhares de pessoas às ruas de Tomar. Foto: Arlindo Homem

O cortejo teve início às 22:30, no Castelo, sendo que o percurso passou na Av. Dr. Vieira Guimarães, Av. Dr. Cândido Madureira, Rua Infantaria 15, Praça da República, Rua Serpa Pinto, Ponte Velha, e Rua de Santa Iria, finalizando na igreja de Santa Maria dos Olivais.

Os registos fotográficos são de Arlindo Homem:

PUB
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here