Tomar | Cortejo dos Rapazes marca primeiro fim-de-semana da Festa dos Tabuleiros

Foto: JF São Pedro de Tomar

Começa este fim-de-semana a icónica Festa dos Tabuleiros, em Tomar. Contando com inauguração de inúmeras exposições em vários espaços da cidade, espetáculos musicais e outros a partir de sábado, dia 29,  é no domingo, dia 30, que surge um dos mais marcantes eventos da programação: o Cortejo dos Rapazes.

PUB

O Cortejo dos Rapazes tem saída prevista pelas 10h00 de domingo a partir da Mata dos Sete Montes, seguindo a partir das 15 horas o seu percurso pelas ruas da cidade (Mata Nacional dos Sete Montes, Av. Cândido Madureira, Praceta Alves Redol, Rua Everard, Rua Serpa Pinto, Praça da República (Bênção dos Tabuleiros), Rua Infantaria 15, Av. Cândido Madureira, e regresso à Mata Nacional dos Sete Montes.

À tarde, as atenções ficam viradas para o Mouchão Parque com a estreia de uma componente tradicional para os miúdos: a primeira edição dos Jogos Populares dos Rapazes.

Quanto às restantes atividades previstas no programa, destacam-se diversas exposições, uma das quais abre ao público esta sexta-feira, a anteceder a festa. No Centro de Estudos em Fotografia (Casa dos Cubos), a partir das 18h00, será possível conhecer esta festa única no mundo através de imagens com a exposição “”A Festa, o saber e o gesto… De 1884 aos dias de hoje – a prática festiva em imagens”.

No sábado, a programação começa às 9h30 com a inauguração da Praceta João Pedro Mota Lima e pelas 11h00 abre a exposição ”Ética das Coisas”, do arquiteto Bartolomeu da Costa Cabral, no Convento de Cristo.

PUB

À tarde, conhece-se a exposição de pintura “Flores e Amores”, de Teresa d’Azevedo Coutinho, a inaugurar pelas 14h30 na Casa Manuel Guimarães e, descendo a Corredoura, abre às 15h00 na casa Vieira Guimarães a exposição “Aguarelas de Tomar”, de José Inácio Costa Rosa.

A partir das 15h30, o Moinho da Ordem do Complexo Cultural da Levada acolhe a apresentação do livro “Sentir a Festa dos Tabuleiros… à conversa com…” dos alunos da turma E do 6º ano, do Agrupamento de Escolas Nuno de Santa Maria.

Ao lado, na Moagem A Portuguesa, abre a Mostra de Sabores e Artesanato, e do outro lado da rotunda, na galeria do Instituto Politécnico de Tomar, inaugura-se a exposição “A Nossa Terra… a Nossa Festa” do Agrupamento de Escolas Templários.

Regressando ao Complexo Cultural da Levada, vão ser inauguradas consecutivamente as exposições “No Coração da Festa”, de Luís Ribeiro, Paulo Ferreira e Manuel Gil (17 horas); “Retalhos dos Dias” de João Costa Rosa (17h30); joalharia “Coleção Ordem do Templo”, de Inês Costa Araújo (18 horas) e por fim a exposição “LYKEION” dos Antigos Alunos do Liceu (18h30).

As noites terão animação garantida. No sábado, o parque do Mouchão recebe o 35º Festival Nacional de Folclore do Minjoelho (21h30), contando-se ainda com o início das Noites no Coreto, no Jardim da Várzea Pequena, com a Banda MT 80, DJ Paulino Coelho e DJ White (a partir das 23 horas).

No domingo, a partir das 17h00, acontece o Concerto da Orquestra de Sopros do Médio Tejo (OSMT) no Cine-Teatro Paraíso, sendo que a partir das 20h00 abre-se o Arraial no Jardim da Várzea Pequena.

As Noites no Mouchão trazem ao parque, a partir das 21h00, Lara Martins & SmallBigBand Canto Firme. E a partir das 23h00, segue-se o Jardim da Várzea Pequena, a receber a Banda T para mais uma atuação nas Noites do Coreto.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here