Tomar | Câmara vai impugnar judicialmente venda do edifício do SMAS a sociedade imobiliária

A presidente da Câmara de Tomar anunciou que vai recorrer aos Tribunal Foto: mediotejo.net

A Câmara Municipal de Tomar vai impugnar judicialmente a venda do edifício onde estão instalados os SMAS – Serviços Municipalizados de Águas e Saneamento, na Praça da República, uma vez que exerceu o Direito de Preferência mas a escritura acabou por ser realizada na mesma com outro proprietário.

Refira-se que na passada semana foi tornado público que o edifício foi vendido pela família proprietária a uma sociedade anónima que se dedica ao imobiliário por 550 mil euros. A escritura foi assinada no cartório da notária Sara Reis, em Tomar, no dia 11 de maio.

“O Direito de Preferência foi exercido em tempo útil tanto que a autarquia foi notificada, em tempo útil, da data em que se realizava a escritura”, disse, no entanto, Anabela Freitas na reunião desta segunda-feira, 28 de maio, acrescentando que o caso vai ser tratado pelo escritório de advogados da autarquia sediado em Lisboa.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here