Todo-o-Terreno | Resistência em Mação com adrenalina e emoção (c/fotogaleria)

João Dias, vencedor dos SSV, com Sérgio Santos, Diretor de Prova.

Decorreu no fim de semana de 18 e 19 de novembro na pista traçada nas imediações da vila de Mação a prova Resistência Todo
o Terreno, enquadrada no 1º Troféu da modalidade e sob a égide da Federação de Motociclismo de Portugal. A organização esteve a cargo da dinâmica equipa do MAC TT.

PUB

Com cerca de 70 pilotos inscritos nas três diferentes classes, SSV, QUADS e MOTOS, destacamos a forte presença de pilotos
na classe hobby, sendo muitos deles naturais de Mação e da região centro.

Segundo o Presidente da associação MAC TT, Rui Marques “este era um projecto que ambicionávamos realizar já há alguns anos.
Felizmente, e com muito esforço, este ano conseguimos reunir todas as condições necessárias, tanto para o clube como para os
pilotos e para o muito público que habitualmente acompanha todos os nossos eventos”, destacou.

PUB

O MAC TT apresentou uma pista bastante rápida, com cerca de 12km de extensão e uma Zona Espectáculo com visibilidade para
cerca de 2km de pista, constituída por vários saltos e curvas abertas e bastante rápidas, onde o espectáculo foi garantido.
Nessa zona espectáculo era também a zona de partida, a meta de chegada e a zona das boxes, onde também pela primeira vez no
troféu se realizaram os prólogos das três classes presentes. Nessa mesma zona Espectáculo, a organização tinha serviço de
restauração e bar, acessível tanto para os pilotos como para o público.

SSV

PUB

As hostilidades iniciaram-se no sábado com o prólogo e prova de resistência, de duas horas, onde desde o início João Dias,
em Polaris RZR Turbo, mostrou ser o mais rápido vencendo a prova de duas horas com onze voltas cumpridas a uma média
superior a 65 Km/h.

As classificações ficaram assim ordenadas:

1º- João Dias (Polaris RZR Turbo), com 11 voltas em 2:01:28,166
2º- Avelino Luís (Can Am)
3º- Bruno Martins (Can Am Maverick X3 XRS)
4º- Dorothee Ferreira (Yamaha YZX 1000 R)
5º- Paulo Silva (Can Am Maverick X3)

QUADS

Estes veiculos, pelas velocidades alcançadas e pelas dificuldades criadas à condução, são sempre aguardadas com entusiasmo
pelo público presente. Não defraudaram as espectativas e as doze voltas efectuadas foram plenas de peripécias vindo Vitor Caeiro a ser o vencedor.

Os primeiros classificados:
1º- Vitor Caeiro (Yamaha), com 12 voltas em 2:05:38,779
2º- Marco Pedroso (Yamaha YFZ 450 R)
3º- Rui Russo (Yamaha YFZ 450 R)
4º- José Anselmo (Polaris Outlow MRX 450)
5º- Carlos Cáceres (Suzuki LTR 450)

MOTOS

Foi a classe mais concorrida, com uma multiplicidade de marcas e modelos, dando azo a despiques que proporcionam óptimo
espetáculo. Os longos “slides” em curva e os saltos puseram à prova os pilotos onde André Sérgio foi o mais rápido.

Classificação dos pilotos mais rápidos:
1º- André Sérgio (Yamaha YZ 250 F), com 11 voltas em 2:01:27,934
2º- Filipe Rei (KTM 250 SX F)
3º- Nuno Mendes (Honda XR 400)
4º- Flávio Carvalho (Kawasaki KXF 250 F)
5º- Nelson Tomás (GAS GAS 300)

Boa iniciativa do MAC TT, numa aposta ganha, testemunhada pelo muito público e pilotos presentes. Segundo o Diretor de Prova, Sérgio Santos, a prova decorreu sem incidentes e foi do agrado de todos. A repetir.

Fonte: TT Cronometragens
* Com David Pereira (fotos).

 

PUB
Artigo anteriorTorres Novas | Cross Trail do Almonda leva UDRZA ao pódio
Próximo artigoTramagal | Tramagalenses na grande Lisboa reúnem-se em jantar convívio
Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here