“Ter opinião”, por Vasco Damas

Foto: Geral, Pixabay

Nos dias que correm é muito complicado ter opinião. Em primeiro lugar porque os especialistas do “conhecimento enciclopédico” reproduzem-se a velocidades cada vez mais vertiginosas. Em segundo lugar porque quando se opina de forma genérica corre-se o risco de melindrar quem se sente atingido por interpretações erradas sem direito a contraditório. E em terceiro lugar porque pode haver quem faça confusão e transforme um contributo altruísta numa postura de arrogância.

PUB

Bem sei que em relação ao “primeiro lugar”, modestamente também tenho um pequeno papel neste processo mas como já tive oportunidade de o referir por diversas vezes, em momento algum tive a pretensão de ser detentor da verdade em relação a qualquer partilha de opinião.

Em relação ao “segundo lugar”, nunca utilizei este espaço com o objetivo de enviar recados. Utilizo-o na certeza que me exponho ao expor as minhas opiniões.

Por último, em relação ao “terceiro lugar”, esclareço utilizando créditos do passado que a partilha de opinião nunca teve o fim de encerrar o assunto mas antes o princípio de dar o mote à discussão.

As redes sociais têm vindo a exponenciar uma realidade que estava circunscrita aos principais suportes da comunicação social e hoje acabam por ombrear com a televisão, a rádio e os jornais conseguindo mesmo ter um destaque maior quando se transformam em fenómenos virais.

PUB

É preciso ter a humildade para perceber que ter opinião não é sinónimo de ter razão. Também é preciso ter a lucidez que uma opinião não passa disso mesmo, uma opinião.

Pode parecer estranho haver necessidade de fazer referência a esta realidade mas, do emissor ao recetor, ainda há quem confunda opinião com factos. E mesmo que se utilize o argumento de que há opinião baseada em factos, ela não deixa de ser influenciada pelos gostos e pelas convicções de quem a forma.

Como em tantos outros assuntos, equilíbrio e bom senso são parte da chave quando partilhamos a nossa opinião, sem esquecer de deixar margem a outras perspetivas, porque nunca é demais lembrar que opinião convida à discussão.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here