“Tentações da Montanha”, por Armando Fernandes

Foto: DR

Situa-se em Boticas o restaurante Tentações da Montanha. O seu proprietário é um acérrimo defensor da legítima cozinha transmontana impregnada de tradição cuja base assenta na genuína qualidade dos produtos e ancestrais usanças culinárias. O Senhor Avelino Rodrigues é um dos mais antigos expositores do Festival Nacional de Gastronomia em Santarém, onde apresenta receitas capazes de obrigarem o maior eremita a cair no abuso comilão.

PUB

Desta feita a gula satisfeita porque o presunto de porco bísaro estava bem curado, sem sal a mais, uma autêntica gulodice,  alheiras de massa fina e recheio de caça, nacos de vitela sedosos, coisa semelhante ( vitelas) existe nas terras altas do Barroso, por isso mesmo o inimigo da carne de vaca, o reitor censor, proibiu o seu consumo nas cantinas da Universidade de Coimbra,  de excelsa qualidade.

Acompanhamento: pão centeio vindo daquelas paragens. O bródio finalizou com uma pêra de Inverno embebida em vinho.

O Tentações da Montanha situa-se na Rua Xavier Teixeira, 17. Boticas. Aceita cartões de crédito. Estacionamento: fácil.

TYTO  ALBA

PUB

Os latinistas sabem o significado das duas palavras que são o nome de baptismo deste vinho tinto, retinto ou granadino quando se contempla, eivado de referências a fruta madura púrpura e negra, macio, logo acetinado no beber, em suma: na minha opinião trate-se de um excelente néctar produzido e engarrafado pela Companhia das Lezírias.

Pujante (14º) não perdeu elegância, antes pelo contrário, é digno exemplo dos cada vez mais apreciados vinhos portugueses, e capaz de demonstrar aos especialistas internacionais quão grande e profundo progresso se desenrolou na região da chancela TEJO nos últimos anos. O leitor faça a prova.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here