TEJO: Deputado e ambientalistas mergulham no rio e filmam fontes poluidoras em Vila Velha de Rodão

O deputado Duarte Marques, natural de Mação e eleito nas listas do PSD por Santarém, decidiu juntar-se aos pescadores e ambientalistas e “mergulhar” no rio Tejo, na zona de Vila Velha de Rodão, em busca dos focos poluidores do Tejo. Deixamos aqui o seu testemunho na sequência do vídeo que pescadores e ambientalistas hoje encontraram. O deputado e este mesmo grupo já haviam estado no local para tentativa semelhante….as filmagens de hoje não deixam margem para dúvidas…

PUB

PUB

“Apesar das declarações recentes dos autarcas de Castelo Branco e de Vila Velha e Ródão, prestadas na Comissão de Ambiente da AR, não me convenci que as águas do rio Tejo já vinham pretas de Espanha. No fim de semana passado, fui com uns amigos a Vila Velha ver com os meus próprios olhos, antes e depois da fábrica de pasta de papel da Celtejo. As dúvidas, se alguma vez as houve, dissiparam-se, a água do rio é muito mais clara acima de Vila Velha.

Não me restam dúvidas, nem me faltam provas, sem esquecer os preciosos testemunhos, sob anonimato, de funcionários e ex funcionários desta empresa, que o problema da poluição está em Vila Velha de Ródão.

A autarquia local tenta fechar os olhos, assobia para o lado. A empresa tem uma postura vergonhosa, que nada tem a ver com outros concorrentes que, sendo do mesmo sector, não revelam este tipo de comportamento para com a natureza.

A Celtejo tem uma ETAR sem capacidade para tratar os resíduos produzidos, há graves suspeitas de manipulação de análises e, segundo denúncias anónimas, alegadamente fazem descargas com poluição acima dos limites exigidos. Os níveis de poluição junto à barragem de Belver-Ortiga não deixam dúvidas. Perante tudo isto, e agora perante o vídeo hoje feito, é possível afirmar que parte significativa do problema da poluição do rio Tejo tem origem na Celtejo.

PUB

É também simples, e fácil, resolver o assunto sem afectar postos de trabalho, basta investir em novos tratamentos dos efluentes, fazer uma ETAR à medida da produção e até lá, produzir ao nível da capacidade da ETAR.

Ninguém quererá impedir esta empresa de funcionar, há até fundos comunitários para apoiar estes investimentos, desejo apenas que o seu funcionamento respeite o meio ambiente. Não tem nada que saber.

Espero que este vídeo, que de imediato farei chegar à Agência Portuguesa do Ambiente e à Inspeção Geral do Ambiente (IGAMAOT), juntamente com alguns testemunhos anónimos de colaboradores e ex colaboradores desta empresa, possam representar um passo fundamental para acabar de vez com este problema.

Termino agradecendo o impagável esforço do Arlindo Consolado Marques, dos pescadores do rio Tejo e de todos os verdadeiros heróis que não se calaram perante estes atentados”.

 

*Duarte Marques, deputado à Assembleia da República eleito pelo círculo eleitoral de Santarém.

PUB

4 COMENTÁRIOS

  1. um a um denunciaremos todos e vamos salvar o tejo já moribundo e traze-lo de volta á vida para bem de todos pela prevaricação de alguns.
    não andamos á caça das bruxas andamos á caça dos criminosos e prevaricadores e até negligentes

  2. Incrível como isto se passa com o conhecimento de toda a gente (muito graças ao trabalho de campo de bravos cidadãos) e nada se faz, desde há tanto tempo!!!

  3. até me envergonha ver isso , se quiserem uns pares de luvas e uns Tachos talvez isso parasse logo
    tristeza total ver isso so num Pais de baixo nivel comandada por gentalha Sem nivel .
    abraco continuem a nossa luta , Pena nao estar a i tambem para dar meu contributo
    forcaaaaaaaaaaaaaaa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here