Taça do Ribatejo | Tramagal com futebol e atitude perde perante Benavente mais eficaz (C/FOTOS e AUDIO)

Tramagal muito combativo perdeu jogo com Benavente mais eficaz. Foto: mediotejo.net

Tramagal Sport União 1 Grupo Desportivo de Benavente 2

Taça da Ribatejo/1ª Jornada/Fase de Grupos

Campo de Jogos Comendador Eduardo Duarte Ferreira – Tramagal

PUB

22 setembro 2019

Tarde solarenga, com algumas nuvens, e com temperatura amena e convidativa à prática do futebol levou ao campo de jogos de Tramagal cerca de 200 pessoas.

PUB
Campo de Jogos Comendador Eduardo Duarte Ferreira, em Tramagal. Foto: mediotejo.net

Foi com um engalanado Campo de Jogos Comendador Eduardo Duarte Ferreira, exibindo à entrada do histórico parque desportivo duas das três Taças do Ribatejo que o Tramagal Sport União (TSU) ostenta no seu palmarés (um dos troféus está em processo de limpeza), que a equipa da borboleta recebeu o Benavente, para a jornada de abertura da Taça do Ribatejo, fase de grupos, primeiro jogo oficial da época desportiva 2019-2020.

Com dois golos em dois momentos cruciais da partida, o Benavente foi mais feliz e venceu um Tramagal que merecia mais.

O Tramagal Sport União exibiu duas das três Taças do Ribatejo que já conquistou no seu historial. Foto: mediotejo.net

Com um piso sintético em excelentes condições e trabalhos de melhoramentos efetuados nas instalações e balneários do campo de jogos, apresentaram-se em campo duas equipas com tradição na competição, tendo o TSU três Taças do Ribatejo na sua sala de troféus e o Benavente uma Taça no seu historial. Com pergaminhos no futebol distrital de Santarém, ambas vão disputar o campeonato da 2ª divisão, uma na série A, outra na série B.

Equipas perfiladas.

Início de partida bastante movimentada com pendor mais atacante por parte da equipa de Tramagal. O primeiro lance de perigo para a baliza do Benavente surgiu logo aos dois minutos com Gonçalo Fernandes a avançar pelo flanco esquerdo e a cruzar com conta para o coração da área. O guarda-redes largou uma bola que parecia fácil de segurar e o esférico ficou à mercê de Singéis. Não teve destreza para empurrar a bola para a baliza e o guarda-redes anulou o perigo.

Estava dado o sinal que o TSU queria marcar cedo e logo aos quatro minutos nova oportunidade através de um livre marcado por alto para o coração da área. A defesa resolveu. Aos sete minutos, Márcio recebe cartão amarelo por impedir um jogador do TSU de marcar um livre, ainda no meio campo. Escusado.

O primeiro cartão amarelo foi mostrado aos sete minutos de jogo. Foto: mediotejo.net

Os homens de Benavente tentavam ganhar o jogo a meio campo para partirem para o ataque, em duelos muito intensos mas leais de parte a parte.

Jogo muito intenso, com os ataques das duas equipas a incidirem sobre as alas. Foto: mediotejo.net

Aos 10 minutos o Benavente chega ao golo, contra a tendência do jogo. Na fase de construção de mais um ataque, a equipa do Tramagal perde a bola em zona proibida e Gabriel aproveita para rematar à entrada da área, forte e rasteiro, sem hipótese de defesa para Félix. Estava inaugurado o marcador.

Aos 12 minutos, nova incursão pelo lado esquerdo do ataque do Benavente, flanco onde Nuno Batista foi um autêntico quebra-cabeças, com o remate a sair ao lado da baliza do TSU. O Tramagal não parava de atacar e o jogo estava vivo, muito disputado a meio campo, e com as duas equipas a privilegiarem as alas para lançarem os seus ataques.

Tramagal criou muitas oportunidades mas Benavente foi mais eficaz. Foto: mediotejo.net

Aos 17 minutos o Tramagal criou uma excelente oportunidade para empatar a partida. Um centro mortífero para o coração da área apanha Rui Leal em excelente posição para cabecear e, quando toda a gente já gritava golo, o guarda-redes do Benavente faz a defesa da tarde.

Logo a seguir, aos 19 minutos, novo lance de perigo para a baliza forasteira com os jogadores e adeptos do TSU a pedirem grande penalidade. Num lance rápido de ataque pela faixa central, o avançado do Tramagal é ensanduichado em cima da linha da grande área por dois defesas contrários. O árbitro, bem posicionado, mandou jogar, perante as reclamações da equipa da casa.

A partir daqui a toada manteve-se com o TSU em ataque continuado e o Benavente sempre a espreitar com perigo os contra ataques, com três jogadores a evidenciarem-se no jogo pelas alas, essencialmente pela esquerda (Vladimir, Gabriel e Nuno Batista).

Aos 31 minutos a ultima grande oportunidade de golo no primeiro tempo pertenceu ao TSU. Em mais um lance de bola parada, um pontapé de canto, David Nunes surge dentro do coração da área mais alto que toda a gente mas a cabecear ao lado. O ritmo de jogo manteve-se elevado, num desafio nem sempre bem jogado, mas com muita luta e muita entrega de parte a parte.

David Nunes surge dentro do coração da área mais alto que toda a gente mas a cabecear ao lado da baliza do Benavente. Foto: mediotejo.net

Na segunda parte o TSU entrou com a mesma disposição em dar a volta ao resultado negativo e nos primeiros 10 minutos revelou maior ascendente ofensivo, perante um meio campo muito povoado e onde a luta era intensa pela conquista da bola.

E é nessa altura que o Benavente tira mais um coelho da cartola, com um golo de levantar o estádio. Nuno Batista recebe uma bola alta no flanco esquerdo, junto ao bico da grande área, domina, e com a bola a saltitar desfere um remate indefensável ao canto superior do ângulo oposto. Grande golo e sem hipótese de defesa para Félix.

Com dois golos obtidos em dois momentos cruciais da partida, a partida não estava fechada. É que nem o Benavente descurou o contra ataque nem o Tramagal desistiu de procurar dar a volta ao resultado. Aos 60 minutos, o treinador Júlio Batista refrescou o ataque do TSU lançando Tiago Pisco e José Garcia para os lugares de Singéis e Diogo Calado.

Jogo intenso em Tramagal na 1ª jornada da Taça do Ribatejo. Foto: mediotejo.net

A pressão acentuou-se, embora mais com o coração do que com a cabeça, e homens de azul criaram mais algumas oportunidades de concretizar. O golo viria a surgir pelo incansável David Nunes, aos 82 minutos de jogo, correspondendo com uma cabeçada certeira a um pontapé de canto executado com conta peso e medida para o coração da área.

No assalto final à baliza do Benavente resultaram mais algumas oportunidades para o Tramagal, mas a equipa forasteira conseguiu segurar o resultado até aos 90 minutos, não sem antes recorrer a várias faltas merecedoras de sanção disciplinar, prontamente exibidas pelo árbitro da partida. Dos quatro minutos de compensação dados pela equipa de arbitragem pouco se jogou, com os homens de Benavente a queimarem tempo evidenciando quebras físicas e alegadas mazelas num jogo muito exigente e muito disputado.

Muita disputa a meio campo e rápidos contra ataques marcaram o jogo entre Tramagal e Benavente. Foto: mediotejo.net

Nas grandes penalidades que se realizaram para eventual desempate em apuramento final no grupo, o Benavente venceria por 2-4.

O resultado final de 1-2 premeia a eficácia do Benavente e é um castigo demasiado pesado para o futebol produzido pelo Tramagal que só se pode queixar de si na hora da finalização. Bom jogo de futebol, com as duas equipas e deixarem boas indicações para o campeonato que se avizinha. O árbitro da partida acompanhou os lances de perto e nos lances de maior contestação merece o benefício da dúvida. Exibiu muitos cartões amarelos mas todos eles justificados, num jogo viril e intenso, mas leal. Sem influência no resultado.

Equipa de arbitragem com os capitães da duas equipas. Foto: mediotejo.net

FICHA DE JOGO:

Tramagal Sport União:

João Félix, André Bernardes, Baião, Rui Leal, Gonçalo Fernandes (cap), Rui Costa, Tiago Roma, David Nunes, Gonçalo Grilo, Singéis, Carlos Pisco.

Suplentes: João Serafim, Rui Matos, Tiago Pisco, José Garcia, Diogo Calado, Espadinha, Pedro Brás.

Treinador: Júlio Batista.

TSU. Foto: mediotejo.net

Grupo Desportivo de Benavente:

Nuno Sebastião, João Pedro, Ricardo Teles, Miguel Grencho, Armando, Nelson, Vladimir, Gabriel, Márcio, Nuno Batista, Rui Grilo (cap).

Suplentes: João Guedes, Evandro, Ivo, Ruben, Ricardo Lopes.

Treinador: Mário Fernandes.

Benavente. Foto: mediotejo.net

Equipa de Arbitragem:

Árbitro – Pedro Mendes, coadjuvado por Filipe Godinho (bancada) e André Silva (peão).

Equipa de arbitragem

No final da partida o jornal mediotejo.net ouviu a opinião dos dois treinadores:

Júlio Batista, treinador TSU. Foto: mediotejo.net
Mário Fernandes, treinador do Benavente. Foto: mediotejo.net
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here