Sertã | Redução de tarifas nos transportes gera acesa discussão na Câmara

Câmara da Sertã. Foto: mediotejo.net

O assunto da redução das tarifas nos Transportes Públicos foi o principal tema de debate no período antes da ordem do dia na reunião da Câmara da Sertã realizada no dia 11. Foi a vereadora Cláudia André (PSD) que lançou o tema suscitando acesa discussão durante mais de meia hora.

PUB

A eleita começou por elogiar o Programa de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes Públicos mas considerou a redução das tarifas no concelho da Sertã como “populista”, “uma esmola e não uma redução digna”, referindo-se ao Transporte a Pedido. Isto porque, conforme denunciou, a medida não foi acompanhada por uma melhoria na rede de transportes públicos, além de que “há falta de respostas às necessidades das populações em termos de transportes”.

Cláudia André defendeu a criação de uma rede de transportes intermunicipal ou uma rede regular de transportes públicos, para “fazer face às necessidades laborais já que são imensas as pessoas que se deslocam de uns concelhos para os outros para trabalhar”.

Em resposta, o presidente da Câmara Municipal da Sertã anunciou que, no âmbito da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, estão a ser estudadas soluções de criação de circuitos que liguem, por exemplo aos comboios.

Antes disso, já o vereador Carlos Miranda (PS) tinha acusado a vereadora do PSD de “alguma demagogia” e de “entrar em modo de campanha eleitoral”. Defendeu que a medida do Governo em relação à redução dos preços dos passes “vai no caminho certo”, e “vai ao encontro das reivindicações das Áreas Metropolitanas”.

PUB

Da mesma bancada, a vereadora Cristina Nunes afirmou não haver eficácia nos transportes públicos quer no território do Concelho quer na ligação a concelhos vizinhos.

O vereador Jorge Coluna (PSD) interveio para contestar os critérios adotados pelo Governo na redução dos passes, recordando a reivindicação dos municípios do interior pela redução das portagens nas antigas SCUTs.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here