Sertã | Festival do Maranho afirma o território como destino gastronómico e turístico (c/vídeos e fotos)

O turismo na Sertã “tem na gastronomia um dos seus principais fatores distintivos”, afirmou o presidente da Câmara, José Farinha Nunes, durante a sessão inaugural do Festival de Gastronomia do Maranho, certame que decorre na Alameda da Carvalha de 18 a 21 de julho.

PUB

Depois de destacar o Maranho como “um dos maiores embaixadores da Sertã”, José Farinha Nunes, disse que “a aposta no turismo tem sido um dos principais eixos estruturantes da ação do município”.

“E os resultados estão à vista: o número de turistas que visitam a região está a aumentar, os nossos restaurantes servem mais refeições, o número de dormidas nos hotéis subiu e os proveitos da atividade turística têm sido bastante positivos”, sublinhou o autarca, que fez questão de lembrar outros produtos endógenos, como o bucho recheado, os cartuchos de amêndoa, coscoréis, filhoses, aguardente de medronho, o vinho e a cerveja artesanal.

Aproveitando a presença da Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Maria do Céu Albuquerque, o presidente da Câmara disse haver “questões que importa resolver para que o turismo seja mais efetivo” e “o problema das acessibilidades é um deles”, notou.

Visita inaugural. Foto: mediotejo.net

José Farinha Nunes referia-se à EN238, “uma via fundamental para o desenvolvimento do nosso turismo e de toda a região”. Na sua opinião “urge melhorar esta estrada e garantir a sua requalificação, pois o atual traçado e as condições da via não são as ideais”.

PUB

Por isso, deixou um apelo para que “o Governo de Portugal olhe de outra forma para a questão da EN238 e assegure a resolução deste problema”.

Festival de Gastronomia do Maranho na Sertã. 9.a edição, de 18 a 21 de julho

Publicado por mediotejo.net em Quinta-feira, 18 de julho de 2019

A Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, na sua intervenção, destacou a estratégia de valorização dos produtos endógenos como “absolutamente capital para conseguirmos fazer diferente”.

Mais à frente falou na “importância da humanização dos territórios”, explicando que tal consiste em “ter orgulho na nossa identidade, na valorização da nossa tradição, no nosso património, na nossa gastronomia e com isso acrescentarmos valor para sermos mais competitivos”.

Após os discursos e o desfile das duas filarmónicas do concelho – Filarmónica União Sertaginense e Filarmónica Aurora Pedroguense – a comitiva visitou demoradamente os mais de 100 stands tendo oportunidade de saborear o maranho e outros produtos locais. Passou ainda pelos stands das juntas de freguesia, pelas 10 tasquinhas e dois restaurantes.

Motivo de atração ao Festival é também a programação de espetáculos, este ano “mais a pensar na juventude”, conforme observou o presidente da Câmara.

O Festival de Gastronomia do Maranho da Sertã teve início nesta quinta feira, dia 18, com a arruada com as filarmónicas e a animação de rua com o Grupo Seca Adegas. A noite esteve por conta dos D.A.M.A.

No dia 19 de julho (esta sexta feira), a Associação de Tambores de Casal da Madalena faz uma arruada a partir das 18 horas, seguindo-se (18h30m) um showcooking com a chef Tia Cátia, na Praça de Restauração do Festival. Os Brass Fusion animam as festividades depois das 20 horas e a cantora Bárbara Bandeira inicia o seu concerto musical pelas 22h. O momento alto da noite acontece com o espetáculo da conhecida intérprete Áurea (23h30m), seguindo-se a performance do Dj Silver Fox.

O programa de sábado (20 de julho) começa bem cedo (9h), com a Corrida do Maranho e a Rota do Maranho, ambas com partida na Avenida Padre Manuel Antunes (frente ao Terminal da Rodoviária). Os stands do Festival abrem às 10 h e uma hora depois arranca a primeira parte (11h-13h) do programa da RTP1 «Aqui Portugal». A segunda parte desta emissão em direto decorre no período da tarde, entre as 14h30m e as 20h.

Entretanto, pelas 18h, o chef Joe Best realiza um showcooking na Praça de Restauração e, às 20h, os Tocá Rufar animam as ruas. À noite, os Popxula sobem ao palco às 22h e hora e meia depois (23h30m) a cantora e compositora Blaya promete um grande concerto. O dj Hugo Rafael fecha a noite, depois da 1h.

O dia de domingo começa sob o signo do bem-estar. Após a abertura dos stands (10h), ocorre uma Aula de Zumba (11h). Na parte da tarde, a cultura do concelho estará em destaque, com as atuações do Grupo de Música Popular de Cernache do Bonjardim (15h), Grupo de Concertinas da Sertã (15h30m), Escola de Acordeão da Sertã (16h) e da Tocata do Rancho Folclórico de Pedrógão Pequeno (16h30m).

Pelas 19 horas, os Xaral’s Dixie animam as ruas, abrindo espaço para o concerto dos Amor Electro, a partir das 22 horas. O encerramento do Festival acontece às 23h30m com um espetáculo piromusical.

Durante os quatro dias do Festival de Gastronomia do Maranho da Sertã decorrem diversas atividades permanentes, designadamente a “Quinta da Alegria” e “Espaço Selfie”, parede de escalada, rapel e sup paddle.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here