Sertã | Estátua de António Barroso homenageia missionação portuguesa

D. António Barroso foi missionário em África. Foto: DR

A Postulação da Causa da Canonização de D. António Barroso e a Associação dos Amigos de D. António Barroso decidiram aproveitar a efeméride do centenário da sua morte para inaugurar uma estátua dedicada à missionação portuguesa. A inauguração está marcada para este domingo, dia 20 de outubro, às 16:00, em Cernache do Bonjardim.

PUB

É uma homenagem ao bispo missionário falecido em 1918 e declarado Venerável por Decreto de 16 de Maio de 2017, ao mesmo tempo que se celebra a memória de todos os missionários formados, como ele, no Colégio das Missões Ultramarinas, localizado naquela vila do concelho da Sertã.

António Barroso foi missionário em África, na Índia, e bispo na diocese do Porto. Com ele são homenageados os 320 padres missionários, saídos do Real Colégio das Missões, entre 1856 e 1912. Todos os nomes destes sacerdotes católicos estão gravados em bronze na base do monumento.

O arquiteto Alberto Nuno Craveiro é o autor da obra, erguida sob a responsabilidade da postulação da causa de canonização de António Barroso.

Estarão presentes membros da Conferência Episcopal Portuguesa que, como todos os convidados, serão acolhidos pelo padre Adelino Ascenso, superior geral da Sociedade Missionária da Boa Nova.

PUB

Depois da intervenção do antigo ministro Guilherme de Oliveira Martins sobre “A missionação portuguesa nos séc. XIX e XX” procede-se à bênção do monumento por Manuel Linda, bispo do Porto, e a sessão termina com a atuação do grupo coral de Proença a Nova.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here