Sertã | Autarcas preocupados com maus cheiros provenientes de pocilgas

Autarcas da Sertã preocupados com maus cheiros provenientes de pocilgas. Foto: DR

O problema foi levantado pelo vereador Jorge Coluna (PSD) na reunião de Câmara do dia 9 de maio, tendo o eleito dado conta das várias queixas sobre os maus cheiros provenientes das pocilgas em Cernache do Bonjardim e também na Sertã que, na sua opinião, estão a tomar “proporções alarmantes”.

PUB

Segundo o autarca, quase todos os dias há queixas sobre os maus cheiros, afirmando desconhecer se as produções estão legais ou ilegais.

Na sua opinião, a Câmara deveria intervir pedindo à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) os autos de vistoria das pocilgas, para que se pudesse mostrar a qualquer cidadão que se deslocasse à câmara a reclamar dos maus cheiros de que APA deu parecer favorável às suiniculturas.

Alguns cidadãos atribuem responsabilidades pelo problema à Câmara quando esta apenas pode intervir no que toca à construção das pocilgas.

O presidente da Câmara reconhece que os maus cheiros incomodam toda a gente e garante: “a Câmara está interessada em que haja qualidade de vida”. Ao executivo, José Farinha Nunes (PSD) informou que a Câmara chegou a fazer parte de uma comissão de vistoria a uma quinta de Cernache mas interveio apenas no que toca à construção. Revelou que, até agora, a APA não fez chegar qualquer relatório à Câmara.

PUB

Acrescentou o autarca que já foram feitas várias participações à APA mas esta organização não dá respostas.

Todos os eleitos concordaram que é necessário continuar a pressionar a APA para que sejam enviados os autos de vistoria e sejam dadas respostas às participações acerca do problema dos maus cheiros.

PUB

2 COMENTÁRIOS

  1. “Albert Einstein disse uma vez, ‘ insanidade está em fazendo a mesma coisa repetidamente e esperando um resultado diferente, ‘

    Ó MINHA LINDA GENTE… DESTA VEZ… VOTA INDEPENDENTE

    Independentes ao poder que se lixem os Partidos…

    ACORDA PORTUGAL… O interior De Portugal continua a arder e a morrer, desde o Norte ao Sul.

    Em Portugal, as eleições europeias vão realizar-se a 26 de maio de 2019 … e podemos votar em INDEPEDENTES DE PARTIDOS

    Em Portugal dá-nos razão de pensar que todos os Partidos Politicos estão controlados por uma Seita Secreta.

    Que faz desses Partidos todos, um só Partido…O Partido da Seita!

    Paulo de Morais, da Frente Cívica, é candidato ao Parlamento Europeu.

    Em 2016, Paulo de Morais candidatou-se a Presidente da República, conseguindo 100 mil votos.

    Paulo de Morais, professor universitário e membro da Frente Cívica, vai ser candidato ao Parlamento Europeu nas próximas eleições.

    Morais vai candidatar-se pelo como “DEPUTADO INDEPENDENTE” pelo movimento Nós, Cidadãos!.

    A seguir a Morais, surgem na lista José Inácio Faria, como independente (que atravessa um diferendo com o Partido da Terra), e em terceiro lugar Isabel Sande e Castro.

    Queremos candidaturas de cidadãos, Independentes de fora dos partidos.

    O INTERIOR DE PORTUGAL CONTINUA A MORRER … POR CAUSA DE UMA POLITICA DE PRAIA, IMPLANTADA EM PORTUGAL PELO P.S.D – C.D.S – P.S e agora até o B.E (Bloco Esquerda) ….também já está pronto para entrar na mesma dança!

    LEVAR TUDO PARA A BEIRA MAR???

    NOS ÚLTIMOS 40 ANOS ELES O P.S.D – C.D.S & P.S LEVARAM TODAS AS AUTOESTRADAS, INDUSTRIAS, OS MELHORES POSTOS DE TRABALHO, HOSPITAIS, ESCOLAS, CORREIOS, CAIXAS GERAL DE DEPOSITOS e TRIBUNAIS, TUDO VAI PARA O LITORAL.

    Até “desapareceram” os 1,3 milhões no fundo dos donativos particulares para as vítimas de Pedrógão Grande, que o Governo criou.

    Portugal hoje, presentemente é o País mais centralista da Europa!

    Mais de 70% do dinheiro QREN vindo da C.E.E para desenvolver o interior de Portugal, Norte, Centro e Sul, nunca chegou ou chegará a sair de LISBOA.

    Lisboa come tudo, com o seu punhado de políticos corruptos, suas expos, suas fudações, seus museus, suas galerias de arte…e até exposições de fotos de CUS ( tudo pago com os nossos impostos).

    Lisboa come mais de 70% do produto Nacional bruto.

    Enquanto o interior de Portugal continua a morrer do NORTE ao SUL…Eles P.S.D – C.D.S e P.S somente se mostram interessados no interior, durante as eleições, para cá vir buscar os nossos votos e as nossas matérias primas.

    BASTA….ISTO QUALQUER DIA VAI TER DE PARAR!
    ACORDEM…GENTE DA LINDA ZONA CENTRO…
    O PODER ESTÁ COM O POVO DE PORTUGAL???
    A CURA COMEÇA SEMPRE PELO INTERIOR!

    Nas próximas votamos sempre em independentes nas Europeias e Autarticas. Tambem queremos poder votar para Independentes nas Eleições Legislativas.

    O presente sistema eleitoral para as eleições legislativas, em que os círculos eleitorais correspondem à organização administrativa, mas não permite aos cidadãos-eleitores elegerem os seus representantes, pois os deputados são escolhidos pelos partidos.

    O actual sistema proporcional, de círculos plurinominais e do domínio de listas partidárias, é um sistema representativo em que não existe uma relação entre o deputado e o eleitor, e, consequentemente, onde as ânsias verdadeiras das gentes são relegadas para um plano secundário e permutadas pelas conveniências das agendas próprias dos deputados e dos partidos políticos, assim como dos lobbies instalados.

    É necessário um sistema que permita a escolha dos deputados pelos eleitores, e não exclusivamente pelos partidos, como actualmente.

    Assim, com o actual sistema proporcional, a maneira de organizar as actuais listas partidárias cria uma espécie de blindagem, fazendo dos deputados meros representantes dos partidos e não dos eleitores e, em último grau, do Povo.

    Em Portugal dá-nos razão de pensar que todos os Partidos Politicos estão controlados por uma Seita Secreta.

    Que faz desses Partidos todos, um só Partido…O Partido da Seita???

    Juntem-se a nós … Numa Só Voz … Apoiamos Coletes Amarelos.

  2. “Albert Einstein disse uma vez, ‘ insanidade está em fazendo a mesma coisa repetidamente e esperando um resultado diferente, ‘

    Ó MINHA LINDA GENTE… DESTA VEZ… VOTA DIFERENTE… VOTA INDEPENDENTE

    Independentes ao poder que se lixem os Partidos…

    ACORDA PORTUGAL… O interior De Portugal continua a arder e a morrer, desde o Norte ao Sul.

    Em Portugal, as eleições europeias vão realizar-se a 26 de maio de 2019 … e podemos votar em INDEPEDENTES DE PARTIDOS

    Em Portugal dá-nos razão de pensar que todos os Partidos Politicos estão controlados por uma Seita Secreta.

    Que faz desses Partidos todos, um só Partido…O Partido da Seita!

    Paulo de Morais, da Frente Cívica, é candidato ao Parlamento Europeu.

    Em 2016, Paulo de Morais candidatou-se a Presidente da República, conseguindo 100 mil votos.

    Paulo de Morais, professor universitário e membro da Frente Cívica, vai ser candidato ao Parlamento Europeu nas próximas eleições.

    Morais vai candidatar-se pelo como “DEPUTADO INDEPENDENTE” pelo movimento Nós, Cidadãos!.

    A seguir a Morais, surgem na lista José Inácio Faria, como independente (que atravessa um diferendo com o Partido da Terra), e em terceiro lugar Isabel Sande e Castro.

    Queremos candidaturas de cidadãos, Independentes de fora dos partidos.

    …………………O nosso parlamento representa muito mal nossa sociedade e sua ação deixa a desejar………………

    * Com o atual sistema eleitoral, a maneira de organizar as listas partidárias atuais, cria uma espécie de barreira blindada, fazendo dos deputados apenas representantes dos seus partidos, amigos, parentes e em última análise ou última instância o povo, os eleitores.

    * O sistema político eleitoral português foi consagrado na Constituição de 1976 e não foi resulto de decisão livre dos deputados constituintes, mas sim da imposição do Movimento das Forças Armadas aos partidos políticos representados na Assembleia.

    * Hoje, 40 anos depois, algumas das provisões consagradas, não têm ou não fazem o mesmo sentido, e outras são até mesmo inconvenientes ao cidadão e a Democracia.

    * As necessidades do tempo e do Povo presente, são diferentes e exigem respostas diversas, com a eleição dos deputados para o Parlamento, que devia possibilitar as candidaturas independentes nas Eleições Legislativas como já existe nas Autárquicas, mas somente desde somente 1977.

    * O atual sistema eleitoral para as eleições legislativas nos círculos eleitorais corresponde a uma organização administrativa partidária, que não permite aos eleitores-cidadãos eleger seus próprios representantes.

    * A deterioração da nossa vida política, impõe que se tomem, com coragem, medidas rectificativas, sob risco de podermos assistir ao esgotamento do regime, e de se criarem condições para o aparecimento de propostas indesejáveis.

    * São hoje notórios os sinais de degradação do nosso sistema leitoroal democrático representativo. Os cidadãos afastam-se da vida política, perdem a confiança nas instituições políticas. Aumenta o abstencionismo eleitoral, e o défice de participação.

    * Os principais partidos políticos instalados afastam-se dos cidadãos e da sociedade que devem representar e tornam-se cada vez mais orientados para os seus familiares e amigos e não para os cidadãos que devem representar … Começando a parecer mais como um CASO DE FAMÍLIA_GATE.

    * Com isso, há problemas de governança: os governos começam a ter dificuldade em se impor. O estado é refém de muitos interesses criados por amigos e familiares.

    * Nosso texto constitucional é muito controverso, extenso e regulador, onde um Tribunal Constitucional com alguma crítica, encontrará sempre uma forma rígida e com difícil intervenção.

    * Apesar das revisões já conhecidas, ainda é somente um reflexo deste nosso passado revolucionário com propósitos que o condicionaram desde o início sempre com a intenção de “abrir caminho para uma sociedade socialista”.

    * Mais uma vez é hora de rever o nosso texto constitucional, serenamente, sem constrangimentos, de acordo com a vontade do nosso povo português através da participação dos nossos representantes governamentais.

    * A reforma do nosso sistema político exige uma revisão da Constituição, para acabar com a partidocracia da família e dos amigos!

    Juntem-se a nós … Numa Só Voz … Apoiamos Coletes Amarelos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here