Sertã acolhe em julho maratona de leitura em voz alta que terá escala global

Foto: DR

A Biblioteca Municipal da Sertã acolhe em julho uma maratona de leitura, com conhecidos e anónimos a lerem em voz alta durante 24 horas, e inaugura o Dia da Leitura Planetária, aberta a leitores de todo mundo.

PUB

As duas iniciativas, apresentadas em Lisboa, são organizadas pela autarquia da Sertã (Castelo Branco) e vão decorrer em simultâneo entre os dias 02 e 03 de julho, como forma de promover o livro e a leitura neste concelho do interior do país, com cerca de 16.000 habitantes, mas aberto a outros pontos do globo.

O poeta Fernando Pessoa será o autor em destaque, mas cada participante terá liberdade para escolher o que quiser ler “e o único desafio é que o faça em voz alta”, juntando-se a outras pessoas, perfazendo as 24 horas ininterruptas de leitura, revelou a organização.

Esta é a quinta vez que a biblioteca acolhe a maratona, mas é a primeira que organiza o Dia da Leitura Planetária, uma iniciativa que não é mais do que estender as 24 horas de leitura a uma escala global, convidando leitores de todo o mundo a participarem através da gravação de um vídeo ou em direto pela Internet, via Skype.

De acordo com a organização, a maratona na Sertã contará com vários autores convidados, entre os quais Valter Hugo Mãe, Pedro Mexia, Miguel Real, Ricardo Belo de Morais, Miguel Moreira e Catarina Verdier.

PUB

Manuela Nogueira e Miguel Roza, sobrinhos de Fernando Pessoa, e o radialista Fernando Alves, da TSF, também se juntarão às 24 horas de leitura.

A leitura planetária contará com leitores já confirmados do Brasil, Colômbia, Áustria, Índia, Alemanha, Grécia e Chipre, embora a organização esteja ainda a fazer contactos com várias bibliotecas estrangeiras.

Em 2015, a maratona de leitura contou com a participação de mais de 130 pessoas – dos sete anos aos 80 anos -, que se inscreveram para ler excertos de obras, ocupando a biblioteca durante 24 horas.

Este ano, durante as 24 horas de leitura, estão previstas várias atividades paralelas, nomeadamente uma concentração de bibliomóveis, que farão um périplo pelo concelho da Sertã, um atelier para crianças, encontro com escritores ou uma sessão de leitura a bordo de um barco no rio Zêzere.

Haverá ainda uma feira do livro com obras de e sobre Fernando Pessoa e uma exposição, “Os lugares de Pessoa”, cedida pela Casa Fernando Pessoa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here