Sardoal | Município apoia financeiramente 15 coletividades do concelho

Reunião de Câmara Municipal de Sardoal. Créditos: mediotejo.net

O apoio financeiro a coletividades do concelho de Sardoal foi aprovado por unanimidade na segunda-feira, 13 de maio, em reunião de Câmara. Nessa sequência serão apoiadas 15 coletividades com quase 23 mil euros. As coletividades desportivas recebem apoio financeiro após o verão.

PUB

No âmbito das Candidaturas de Apoio ao Associativismo a Câmara Municipal de Sardoal vai apoiar quinze coletividades do concelho com 22.910,00 euros.

O presidente da Câmara Municipal, Miguel Borges (PSD), considera que o regulamento de apoio ao associativismo, confere “regras e grande transparência aos financiamentos, pois estamos a falar de dinheiros públicos. As associações tem de perceber com aquilo que podem contar e a nós cabe-nos a boa gestão dos dinheiros públicos”, disse ao mediotejo.net.

De acordo com o regulamento, realizado em conjunto com as associações, as coletividades candidatam-se a um apoio “pontual” apresentando um plano de atividades que “serve como estímulo ao seu desenvolvimento”.

Além do apoio financeiro agora aprovado, o autarca refere “os apoios regulares” atribuídos a algumas associações como é o caso da Filarmónica União Sardoalense, do Grupo de Teatro Amador de Sardoal ou dos grupos desportivos.

PUB

“Claro que não fechamos a porta nos apoios a alguma associação que apresente uma proposta, fora do plano de atividades, de interesse para o concelho”, observou o autarca.

“Tivemos 12 candidaturas ao apoio ao desenvolvimento do plano anual de atividades, e três candidaturas ao apoio à execução de projetos de desenvolvimento. Mais tarde decorrerão as candidaturas para apoio aos grupos desportivos”, explica.

Segundo Miguel Borges, este apoio surge anexado a uma competência do Município relacionada com “o desenvolvimento cultural e lúdico da comunidade. Delegamos nas associações essa competência e apoiamos com o envelope financeiro necessário” à execução.

O presidente admite que o apoio “parece relativamente baixo” mas sublinha que “vários outros apoios, nomeadamente logísticos, não estão contabilizados” neste montante financeiro. “Não podemos falar somente do envelope financeiro, há um conjunto de apoios paralelos que prestamos: as sedes onde algumas das associações funcionam, o apoio nos transportes por exemplo, aos fins-de-semana, para o desporto, o transporte que damos a todas as associações para as suas atividades. É um valor muito maior do que aquele que há partida possa parecer”, notou.

A assinatura dos protocolos de apoio ao associativismo vai decorrer este sábado, 18 de maio, no Centro Cultural Gil Vicente, durante as Jornadas do Associativismo de Sardoal.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here