Ponte de Sor | IV edição ‘Festfado’ do Alto Alentejo começa a 25 de janeiro

IV Edição do FestFado arranca dia 25 de janeiro em Ponte de Sôr. Inês Linares venceu o concurso em 2018. Foto: DR

A cidade de Ponte de Sor vai servir de palco para o arranque da quarta edição do Festfado do Alto Alentejo, iniciativa que arranca dia 25 de janeiro e que pretende homenagear o fado. A iniciativa decorrer até ao mês de julho e percorrerá ainda as localidades de Entroncamento e Alpiarça, no Ribatejo.

PUB

Além de um concurso direcionado para as novas vozes do fado, a iniciativa, que se vai prolongar até julho, conta com espetáculos com vozes consagradas do fado. A iniciativa conta com a abrantina Dora Maria como fadista anfitriã e diretora artística do festival.

O Teatro-Cinema Municipal de Ponte de Sor é o espaço consagrado para abrir as portas para a receção à 4ª edição do Festfado, no dia 25 de janeiro, que mais uma vez junta nomes consagrados com aspirantes a fadistas. Tendo como anfitriã a fadista Dora Maria, serão muitos os fadistas que passarão por Ponte de Sôr como sejam Beatriz Felício, Diamantina Rodrigues, Fado de Coimbra, Inês Linares, Gustavo e Cidália Moreira.

Nuno Barroso está confirmado como sendo um dos elementos do júri para a primeira sessão do concurso de fado de dia 25, noite em que atua Beatriz Felício, fadista que tem as suas raízes nos Foros do Arrão , concelho de Ponte Sor. Entrou no mundo da música desde muito pequena com várias participações em programas televisivos tais com « A canção para ti » , “Grande Prémio Nacional de Fado” (RTP1), no «The voice» Cantou com Raquel Tavares, Mafalda Arnauth, Agir, Paulo de Carvalho e atuou no Tivoli perante uma plateia cheia.

Ponte de Sor | IV edição 'Festfado' do Alto Alentejo começa a 25 de janeiro
Beatriz Felício tem as suas raízes nos Foros do Arrão , concelho de Ponte Sor. Foto: DR

Hoje em dia, Beatriz Felício canta em casas de fado e em espetáculos de fado sendo as suas referências musicais Amália Rodrigues, Ana Moura e Adele. A intérprete com que mais se identifica e admira é Amália Rodrigues.

PUB

Inês Linares venceu a III edição do concurso de fado, em 2018. O I Festival do Fado Alto Alentejo, que decorreu em 2016, valeu na ocasião à jovem abrantina Francisca Gomes gravar um disco com o selo de garantia de Custódio Castelo, (compositor, guitarrista e presidente do júri).

Francisca Gomes, que se estreou aos 7 anos num concurso de jovens artistas na SIC, tem atuado em festas de verão e em diversas casas de fado de Santarém e Lisboa, tendo sido uma das cinco vozes apuradas no casting “Vozes de Abrantes”, realizado em maio de 2016 no auditório da Biblioteca Municipal António Botto, e que lhe valeu o direito de atuar no concerto realizado na Praça Barão da Batalha, integrado no programa das Festas de Abrantes 2016, ano em que se assinalou o centenário da cidade.

A primeira edição do Festival do Fado do Alto Alentejo foi promovida pelo Elétrico Futebol Clube, de Ponte de Sor, no distrito de Portalegre, com o apoio do município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here