“Patriotismo Vs Nacionalismo”, por João Morgado

Foto: Pixabay

Neste mês de março, mês em que se aproximam as eleições para o Parlamento Europeu vou tentar falar um pouco do populismo, visto que esta expressão se generalizou e entrou pelas nossas casas e nas nossas vidas sem que nós saibamos bem o que ela queira dizer.

PUB

Estando eu a estudar Ciência Política sinto-me no dever de ajudar o leitor a descobrir mais sobre o que é a política e ao mesmo tempo dar-lhe as ferramentas, como me dão a mim, para formar a sua própria opinião e as suas ideias.

Primeiramente é importante distinguir o patriotismo de nacionalismo. Enquanto que patriotismo nos remete para o passado histórico de um povo ou país e para a grandeza do passado, o nacionalismo é a esperança de um crescimento e uma hegemonia de um povo perante os outros, isto segundo Anthony Giddens em “Para além da esquerda e da direita”, ma há ainda autores que especificam mais a diferença entre estas duas expressões. Enquanto que o patriotismo é a demonstração de um amor e pertença a um Estado e aos símbolos que o representam, já o nacionalismo é a defesa da nação, enquanto espaço territorialmente delimitado, com uma etnia própria e um legado cultural e linguístico específico.

Como se pode perceber, o nacionalismo defende uma única nação. Por exemplo, o nacionalismo exalta a nação francesa, opondo-se à união Europeia pois esta vem de facto retirar soberania ao povo francês para se governar. Basicamente é isso que defendem os nacionalistas na Europa, um pouco por todos os países e já com alguns indícios em Portugal. Mas é sempre importante saber distinguir nacionalismos de patriotismos. Eu por exemplo considero-me um patriota, pois tenho amor pelo pátria que me viu nascer e pelos símbolos que a representam, tal como pelo seu passado histórico, no entanto não acho que os portugueses sejam superiores a outros povos, estados ou nações para exaltar afincadamente este nosso país e idolatrar o nosso passado e utilizá-lo como esperança para um futuro de grandeza.

Caro leitor, espero desta breve forma ter ajudado a esclarecer este conceito e não se esqueça de começar a ler os programas eleitorais dos partidos para as eleições europeias e investigar mais sobre este assunto.

PUB
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here