Ourém | StartUp inaugurada com testemunho do jovem empreendedor José Miguel (c/vídeo)

Empreendedor ouriense marcou abertura da StartUp Ourém Foto: mediotejo.net

O ouriense de 23 anos José Miguel Rodrigues, que com 16 anos começou um negócio de revenda de smartphones seminovos e hoje é proprietário da “Forall Phones”, uma empresa com 10 lojas, uma em Madrid, e cerca de uma centena de colaboradores, foi o empreendedor convidado a intervir na sessão de inauguração da StartUp Ourém que decorreu na quinta-feira, 20 de junho. José Miguel contou a sua história aos presentes e defendeu a luta pela conquista dos sonhos, não esperando que caia tudo de mão beijada. 

PUB

A StartUp Ourém, uma parceira entre o município de Ourém e a NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, foi inaugurada na presença da Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Maria do Céu Albuquerque. No entanto, foi José Miguel quem acabaria por captar as atenções, narrando a sua experiência de sucesso.

Com 16 anos, recordou, pediu aos pais um “Iphone”, telemóvel que na altura custava 600 euros. Tendo ouvido uma resposta negativa dos progenitores, começou a juntar material usado e a vendê-lo. “Tive que me fazer à estrada”, recordou. Como só conseguiu juntar 300 euros, acabou a comprar um telemóvel Iphone usado, que acabaria por revender com lucro.

StartUp Ourém funciona no antigo edifício do CRIO, junto à Universidade Sénior Foto: mediotejo.net
Segundo Luís Albuquerque, já há quatro empresas incubadas na StartUp, sendo que existe espaço para 25/30 Foto: mediotejo.net

Foi assim que nasceu o seu negócio de telemóveis smatphone seminovos, cujo primeiro escritório foi num espaço em Penigardos, Ourém, até que o jovem seguiu para o curso de gestão em Lisboa, encontrou quem o ajudasse a prosseguir sem ser pelos meios online e a empresa foi com ele.

Hoje, não obstante admita que a “Forall Phones” é uma “startup”, já possui 10 lojas e cerca de uma centena de colaboradores. “É uma startup com tudo a provar e que começou de baixo”, constatou.

PUB

O exemplo de José Miguel abriu assim com as expetativas em alta a StartUp Ourém, com Maria do Céu Albuquerque a apelar ao jovem que continue a contar a sua história. “Não te cales”, pediu, “que mostres ao mundo essa capacidade de fazer diferente e não ficar à espera” que outros façam por nós.

“São exemplos destes que precisamos mostrar ao país e ao mundo”, refletiu. “Precisamos de bons exemplos” e “precisamos de dizer que há esperança”, defendeu a governante.

A inauguração da StartUp contou com a intervenção da presidente da NERSANT, Salomé Rafael, que elogiou a rapidez com que este projeto se construiu em Ourém. A StartUp oferece apoio técnico ao empreendedor ao longo de dois anos, desde a ideia à implementação do projeto, explicou. A percentagem de sobrevivência das empresas apoiadas pela NERSANT é de 89%, garantiu a responsável, constatando que a média nacional se situa nos cerca de 50%.

Salomé Rafael, presidente da Nersant, abre inauguração da Startup Ourém

Publicado por mediotejo.net em Quinta-feira, 20 de junho de 2019

O presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque, considerou que este espaço “fazia falta” no concelho, face à dinâmica empresarial que existe no território, nem sempre apoiada da melhor maneira. Deu assim como exemplo o caso de José Miguel, como sinónimo de “força e vitalidade” para o projeto.

Este foi um investimento superior a 300 mil euros, adiantou, que recuperou um edifício municipal devoluto. “Juntou-se o útil ao agradável”, constatou o autarca de Ourém, devolvendo-se o edifício à população e fazendo inclusive obras no exterior. Já se encontram instaladas quatro empresas, existindo capacidade para 25/30 empresas, adiantou.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here