Ourém | Município vai rejeitar assumir competência da Saúde em 2019

Centro Saúde Ourém. Foto: D.R.

O município de Ourém prepara-se para rejeitar o diploma da Saúde, adiantou à comunicação social o presidente Luís Albuquerque (PSD-CDS), depois do tópico ter sido discutido na reunião privada de 15 de abril, segunda-feira. Os valores previstos transferir com a delegação desta competência do Estado eram inferiores às necessidades, pelo que o município pediu uma reanálise e ainda não obteve mais dados sobre a mesma.

PUB

“Apresentámos uma contra-proposta, porque os valores eram inferiores às necessidades do concelho”, esclareceu o presidente, mas terá sido informado que não eram aceites contra-propostas, estando antes a decorrer uma reavaliação geral dos montantes propostos aos municípios. Não havendo mais dados, a proposta do executivo PSD-CDS, em maioria na Câmara e na Assembleia Municipal, vai ser rejeitar a competência para 2019.

Já no caso do diploma da Educação, adiantou, o prazo foi alargado até 30 de junho, estando ainda a ser analisado. Aqui o valor global previsto de transferência é de cerca de 3,7 milhões e estará mais de acordo com as necessidades, referiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here