Ourém investe cerca de meio milhão na criação de canil

O Município de Ourém vai investir cerca de meio milhão de euros na criação de um Centro de Recolha Oficial, para receber animais errantes, anunciou hoje a autarquia. Foto arquivo: mediotejo.net

O executivo municipal de Ourém aprovou na reunião camarária privada de 21 de janeiro, segunda-feira, o projeto  para o Centro de Recolha Oficial de Ourém, espaço que vai servir de centro de transição dos animais errantes recolhidos no concelho antes de seguirem para o Canil Intermunicipal de Proença-a-Nova. O município estima que este seja um investimento de 455 mil euros, acrescidos de IVA, com capacidade para 50/60 animais.

PUB

O Município, liderado por Luís Albuquerque (coligação PSD/CDS Ourém Sempre), justifica a construção desta infraestrutura com a proibição do abate de animais por motivo de sobrelotação das instalações.

O canil será implementado junto ao edifício do Serviço Municipal de Proteção Civil e terá capacidade para acolher entre 14 a 21 cães e 15 a 48 gatos, consoante o tamanho dos animais.

Segundo a autarquia, está prevista a possibilidade de alargamento da estrutura, sendo possível a construção de dois blocos de celas adicionais que poderão triplicar a capacidade inicial das instalações.

Em princípio a obra será custeada pela Câmara Municipal, mas o presidente Luís Albuquerque admitiu numa sessão com jornalistas na terça-feira, 22 de janeiro, que ainda se aguarda a possibilidade de abrir um aviso para uma candidatura a fundos europeus. O projeto aprovado em reunião de câmara terá que ter ainda a aprovação da Direção-geral de Saúde e só depois segue para concurso de obra.

PUB
Foto: projeto apresentado aos jornalistas. Mediotejo.net

O projeto para um Canil/Gatil é antigo e chegou a ser anunciada a sua construção imediata há cerca de cinco anos, mas as obras nunca avançaram.

Ao longo dos anos as condições existentes nos estaleiros municipais para a recolha de animais foram sendo alvo de críticas, havendo associações e privados a realizar esse trabalho. Há um ano o município realizou um protocolo com o Canil de Proença-a-Nova, por forma a que a instituição começasse a receber os animais recolhidos no concelho.

c/LUSA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here